Cotidiano

Com 3ª onda e aumento da Covid, maio pode ser o mês com mais casos confirmados em MS

Mês pode superar dezembro de 2020, que registrou 34.700 casos de Covid-19

Dândara Genelhú Publicado em 25/05/2021, às 15h27

MS teve 11,2 mil casos confirmados na última semana, maior número já registrado.
MS teve 11,2 mil casos confirmados na última semana, maior número já registrado. - Foto: Reprodução.

Mesmo faltando seis dias para fechar o mês, maio pode alcançar o título de mais confirmações de casos da Covid-19 desde o início da pandemia em Mato Grosso do Sul. Com a 3ª onda da doença mais próxima e média móvel de 1,7 mil casos, o mês já soma 31.682 infectados por coronavírus até esta terça-feira (25).

Na última segunda-feira (24), o Estado bateu um novo recorde e atingiu 1.702 de média móvel de casos Covid-19. No dia haviam sido confirmados 1.175 casos da doença, já nesta terça-feira (25), foram 1.815 novos infectados pelo vírus em 24h.

Supondo que MS continue com média móvel de 1,7 mil casos, seriam 10,2 mil novos infectados confirmados nos próximos seis dias. Assim, o Estado passaria das 34.700 confirmações de dezembro de 2020, atual mês com mais casos.

Na última semana, MS registrou 11.270 novos casos de Covid-19. O número é o maior já registrado desde o começo da pandemia, de acordo com o acompanhamento epidemiológico semanal da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Além disso, a taxa de contágio da Covid-19 entre sul-mato-grossenses subiu para 1,01%. Mas o que isso significa? De acordo com a SES, a cada 100 com Covid-19, novas 110 serão infectadas.

O secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende afirmou que “nas próximas semanas teremos um crescimento grande da doença”. Então, com o crescimento de infectados, o Estado pode passar dos 40 mil casos confirmados em um mês.

Jornal Midiamax