Cotidiano

Cidade de MS irá exigir comprovante de residência para aplicar vacina da Janssen

Será necessário apresentar conta de água, luz ou outro endereço que comprove a moradia

Gabriel Neves Publicado em 26/06/2021, às 15h22

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. - (Foto: Arquivo/Midiamax)

Com a chegada de doses da Janssen, Corumbá passará a exigir comprovante de residência no momento da vacinação contra a covid-19. Para isso, os moradores deverão apresentar algum documento que comprove a moradia no município.

A comprovação poderá ser feita pelo próprio cadastro do SUS (consta endereço no sistema); título de eleitor; endereço profissional (militares principalmente); comprovante de endereço (água; luz ou telefone).

De acordo com a prefeitura, a medida será implantada com a chegada das cerca de 40 mil doses da vacina da Janssen, suficiente para vacinar toda a população acima de18 anos.

Com isso, o município tem uma maior preocupação com o “aumento dos visitantes em busca de vacinas”, publicou a prefeitura em nota. Além disso, a cidade fará parte de uma pesquisa para avaliar o impacto de vacinação em massa, em pessoas entre 18 a 50 anos em 13 cidades de fronteira do estado de Mato Grosso do Sul, após 14 dias de dose única da Janssen.

O objetivo é estimar efetividade de um regime de uma dose da Janssen redução de riscos de formas sintomáticas, graves e óbitos por COVID-19 após 14 dias.

Jornal Midiamax