Cotidiano

Chuva provoca novo desmoronamento de trecho da Avenida Presidente Vargas

Em 2019, a galeria do córrego Laranja Doce também rompeu e local ficou interditado por seis meses

Marcos Morandi Publicado em 17/09/2021, às 09h45

Guarda Municipal Ambiental esteve no local e avalia estragos
Guarda Municipal Ambiental esteve no local e avalia estragos

Com as chuvas intensas de 39,5 milímetros, de acordo com dados meteorológicos da Embrapa, que caiu sobre Dourados na noite desta quinta-feira (16), a margem de um trecho da Avenida Presidente Vargas cedeu e provocou desmoronamento de parte do asfalto.

Diante da possibilidade de riscos para os condutores que trafegam no sentido Itaporã/Dourados, a GMA (Guarda Municipal Ambiental) está no local para analisar os estragos que foram provocados pela chuva. A Agetran (Agência Municipal de Trânsito) também vistoria a via e deve sinalizar a área para alertar os condutores.

Nesse mesmo local, também por consequência de chuvas intensas, em 2019, a galeria do córrego Laranja Doce, que corta a pista, rompeu e precisou ser interditado do dia 3 de abril ao dia 30 de setembro, para execução de obras da Prefeitura — que já analisa se terá que fazer novas intervenções.

Alguns comerciantes, que ficam nas proximidades do local onde parte do asfalto cedeu, já estão preocupados. Segundo dois deles, que preferiram não se identificar, na época da execução das obras pela gestão passada, "que demoraram muito", a interrupção causou muitos prejuízos, que foram agravados com a pandemia.

Jornal Midiamax