Cotidiano

Carpinteiro é multado em R$ 2 mil e tem barco e motor apreendidos pela PMA

O pescado será doado para instituições filantrópicas

Fábio Oruê Publicado em 29/05/2021, às 17h26

Homem ficou sem o barco e seus equipamentos
Homem ficou sem o barco e seus equipamentos - Foto: PMA/ Divulgação

Um carpinteiro, de 25 anos, foi preso por usar redes de pesca, que são proibidos pela PMA (Polícia Militar Ambiental), que realizavam fiscalização fluvial no rio Santana no município de Paranaíba na sexta-feira (28) à noite.

O infrator estava em uma embarcação pescando com redes de pesca armadas por ele no rio e foi preso em flagrante, no momento em que retirava pescado capturado pelo petrecho ilegal.

Foram apreendidos 7 kg de pescado, uma rede de pesca que foi retirada do rio, um motor de popa e um barco. O infrator que mora em Paranaíba, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, juntamente com o material apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos detenção.

O criminoso foi multado em R$ 2.140,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Jornal Midiamax