Cotidiano

Câncer na mandíbula que havia 'sumido' volta e obriga pastor a arrecadar R$ 30 mil para tratamento

José Luiz Lima precisa fazer seu tratamento em Curitiba. A doença já havia se manifestado em 2015, mas foi tratada com sucesso.

Lucas Mamédio Publicado em 14/11/2021, às 14h21

José antes e depois do aparecimento do tumor
José antes e depois do aparecimento do tumor - (Foto: Arquivo Pessoal)

Um pastror evangélico de Campo Grande está passando pela situação mais difícil de sua vida. Aos 62 anos, José Luiz Lima, moradordor Jardim aeroporto vem sofrendo com um grave câncer na mândibula que evolui rapidamente desde agosto de 2020. Para ajudar no tratamento, quedeve ser feito por um especialista em Curitiba, no Paraná família e amigos estão realizando uma vaquinha virtualque visa levantar R$ 30 mil, valor aproximado do tratamento.

História

Segundo descrição na plataforma paraarrecadar o dinheiro, José começou a trabalhar muito cedo, casou-se aos 22 anos, constituindo sua família. Em 2015, aos 56 anos tratou de um câncer maligno nas glândulas salivares, fez todos os tratamentos e retirada dos nódulos acreditando-se numa cura completa, o que não tínhamos ciência era de que já haviam pequenos nódulos nos pulmões e cistos no fígado.

Ano passado, em meados de agosto 2020, ele voltou a sentir dores na mandíbula e costas, para nossa surpresa era o câncer de forma já em mutação e se expandindo. Como os nódulos estão nos pulmões e fígado, foi feito o tratamento de quimioterapia e, infelizmente, não  houve resultado algum e sua mandíbula está com crescimento agressivo do tumor.

Agora ele começou o tratamento com um médico renomado do Brasil oncogeneticista, Dr. José Cláudio Casali, de Curitiba-PR,  que tem dado muitas esperanças à família, mas os custos são altos, desde o valor da consulta, exames de mapeamentos genéticos e medicamentos.

Contato

José Luiz Lima: (67) 99209-3904 - Pix: 16446631120

Jornal Midiamax