[Colocar ALT]

Como no caso de Gabriel Vinícius, de 19 anos. Ele contou ao Jornal Midiamax que foi até o Centro com a esposa e a filha realizar as compras dos presentes de Natal apenas nesta sexta-feira (24) porque trabalhou até ontem e não havia tido oportunidade de ir ao Centro ainda.

“Vim comprar roupas para minha filha, calçados e brinquedos. O décimo terceiro caiu dia 20 e hoje viemos porque até ontem estávamos trabalhando, agora estou de férias”, disse.

Empreendedora na área da beleza, Aline Matos, de 32 anos, disse que priorizou as clientes até esta quinta-feira (23) e tirou a sexta-feira para aproveitar a si mesma.

[Colocar ALT]
Aline Matos | Foto: Ranziel Oliveira, Midiamax

Com tempo, ela visitou cerca de 15 lojas para pesquisar preços e comprar mais em conta. “Estou desde as 11h no centro para observar os preços antes de comprar. Comprei presentes para meus filhos, minha filha do coração, sobrinha, namorado, irmão e meu pai”, contou Aline, que avalia ter gasto R$ 400 em presentes.

Gabriel Tolvay, de 22 anos, é laqueador e disse que foi ao centro apenas hoje porque estava trabalhando nesta quinta-feira (23).

“Vim comprar uma sandália para a minha mãe e se der e querer, vou comprar um tênis ou um chinelo para mim. Se eu gostar de algo, eu compro”, comentou. Ele não pretende gastar mais que R$ 300 nesta véspera de Natal.