Cotidiano

Campo Grande tem 3º dia sem vacinação contra covid; mais doses chegam nesta semana

Ministério confirmou envio de mais vacina essa semana, sem detalhar quantidade e data

Gabriel Maymone Publicado em 15/06/2021, às 07h59

Relógio no Centro marca vacinação diária em Campo Grande
Relógio no Centro marca vacinação diária em Campo Grande - Marcos Ermínio / Midiamax

Campo Grande segue com vacinação contra covid interrompida pelo 3º dia seguido por falta de doses em estoque. O município informou que aguarda o recebimento de uma nova remessa de vacinas para estabelecer um novo calendário.

A aplicação de doses ocorreu até sábado (12), com imunização de profissionais dos Correios de 18 anos ou mais e tutores de pessoas com deficiência permanente e necessidades especiais de 30 anos ou mais. Gestantes e puérperas de 18 anos ou mais e pessoas que tomaram a primeira dose de Coronavac-Sinovac-Butantan até o dia 21 de abril receberam a 2ª dose na data.

Até o momento, 336.005 pessoas foram vacinadas com a primeira dose,  o que representa 37.08% de toda a população campo-grandense. Destas, 131.569 já receberam a segunda dose, totalizando 467.574 doses aplicadas, conforme dados do “Vacinômetro”.

UTIS 

Nesta segunda-feira (14), Mato Grosso do Sul registrou 94,41% de ocupação nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) para Covid-19. O índice de lotação diminuiu por causa do aumento de leitos ofertados no Estado, mas segue o mais alto entre as capitais do país. Com 644 leitos de UTI exclusivos para Covid-19, MS possui 608 pacientes em estado grave da doença internados. Assim, restam 36 instalações disponíveis para novas hospitalizações no Estado.

Janssen e mais

Ao Jornal Midiamax, o Ministério da Saúde disse que o laboratório da Janssen suspendeu a remessa de 3 milhões de doses que iria chegar nesta terça-feira (15) ao Brasil, mas informou que a expectativa é que as vacinas cheguem em três remessas durante essa semana. MS pode receber até 215 mil doses.

O secretário de saúde de MS, Geraldo Resende, disse que ainda esta semana o Estado deve receber mais doses de AstraZeneca e CoronaVac, mas o quantitativo e a data ainda serão confirmados pelo governo federal.

Jornal Midiamax