Cotidiano

Campo Grande já recebeu mais de 2 mil denúncias sobre focos de mosquitos da dengue

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Campo Grande, já recebeu mais de 2 mil denúncias alertando sobre focos de mosquitos da dengue encontrados principalmente em terrenos desabitados na capital. As denúncias foram enviadas através do Disque-dengue, serviço de atendimento disponibilizado pela Prefeitura de Campo Grande, onde o cidadão pode formalizar a sua demanda por […]

Gabriel Neves Publicado em 16/02/2021, às 18h26

Foto: Ilustrativa.
Foto: Ilustrativa. - Foto: Ilustrativa.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Campo Grande, já recebeu mais de 2 mil denúncias alertando sobre focos de mosquitos da dengue encontrados principalmente em terrenos desabitados na capital.

As denúncias foram enviadas através do Disque-dengue, serviço de atendimento disponibilizado pela Prefeitura de Campo Grande, onde o cidadão pode formalizar a sua demanda por ligação ou até mesmo por mensagem no Whatsapp.

De acordo com a prefeitura, apenas em 2021, entre o dia 1° de janeiro e 12 de fevereiro, já foram mais de 2 mil demandas recebidas, sendo mais da metade resolvidas e não apresentam mais agravos para a população.

A prefeitura relata que o Disque-dengue visa tornar mais fácil o recebimento de denúncias sobre locais caracterizados como possíveis focos do mosquito transmissor da dengue, Zika vírus e Chikungunya.

Pelo aplicativo é possível que qualquer pessoa envie fotos e vídeos, que serão consideradas provas documentais e servirão de auxílio ao Poder Público.

Como denunciar?

O serviço conta com o número para atendimento de ligações: (67) 2020-2074 e o do WhatsApp: (67) 99230-2359. O horário de atendimento é de segunda a sexta das 7h às 11h e de 13h às 17h.

Jornal Midiamax