Cotidiano

Caixa Tem libera empréstimos de até R$ 1 mil para clientes; saiba como não entrar em 'bola de neve'

Especialista em finanças pessoais orienta clientes sobre condições da modalidade anunciada semana passada

Gabriel Maymone Publicado em 05/10/2021, às 13h30

Empréstimo pode ser solicitado de forma 100% digital por clientes Caixa Tem
Empréstimo pode ser solicitado de forma 100% digital por clientes Caixa Tem - Divulgação

A Caixa Econômica Federal lançou, na semana passada, nova modalidade de empréstimo que pode ser feita 100% digital de até R$ 1 milpara clientes do aplicativo Caixa Tem. Entretanto, nem sempre é recomendado pegar o dinheiro e diversos fatores devem ser levados em consideração para você não comprometer sua saúde financeira.

Os empréstimos, entre R$ 300 e R$ 1 mil e parcelas em até 24 vezes, podem ser contratados diretamente no celular, com taxa de juros de 3,99% ao mês.

A economista e especialista em finanças pessoais, Andreia Cambiaghi Saragoça, explica que o único caso em que empréstimos são indicados é quando o dinheiro for usado para investir em algo que possa trazer retorno financeiro. "As pessoas não têm programação financeira e pegam dinheiro quando estão devendo, que é um erro e acaba entrando em uma bola de neve", alerta.

Assim, a especialista orienta que o empréstimo não deve ser feito para pagar dívidas ou para comprar bens de consumo e fazer compras de mercado, por exemplo. "Só se for para fazer mais dinheiro, por exemplo, você vai emprestar dinheiro para comprar um carro para trabalhar como motorista de aplicativo, então, você estará usando o bem para fazer dinheiro", explica.

Antes de optar por essa modalidade de empréstimo, Andreia alerta que há outras modalidades mais atrativas que devem ser consideradas, como o empréstimo consignado, que em alguns casos cobra 0,98% de juros ao mês.

Como contratar o empréstimo do Caixa Tem

O cliente deve atualizar gratuitamente o CAIXA Tem nas lojas de aplicativos Google Play ou Apple Store. Em seguida, acessar o CAIXA Tem e selecionar “Atualize seu cadastro” no menu. O passo a passo da atualização prevê a digitalização de documento de identidade e foto “selfie” do usuário. O cliente terá a avaliação do seu cadastro concluída em até 10 dias.

Após a atualização do cadastro, a conta passa de Poupança Social Digital CAIXA para Poupança Digital+, e ao clicar na opção ‘Crédito CAIXA TEM’ será apresentada a opção para solicitação de empréstimo, a simulação para que o cliente indique o valor e a quantidade de parcelas a serem pagas, com avaliação automática para verificação se o cliente possui limite a ser disponibilizado, conforme solicitado.

O empréstimo é creditado exclusivamente na Poupança Digital+ do cliente após a contratação. As parcelas são debitadas mensalmente da mesma conta do cliente. Informações sobre como contratar, realizar o pagamento ou mesmo quitar o empréstimo estão disponíveis no site www.caixa.gov.br/caixatem.

Calendário escalonado:

A solicitação dos empréstimos por meio do aplicativo será feita de forma escalonada, conforme o mês de nascimento dos clientes CAIXA Tem.

No dia 27 de setembro, por exemplo, estava disponível a contratação para os nascidos em janeiro e fevereiro, seguindo até 27 de dezembro, com os nascidos em novembro e dezembro. Confira o calendário completo:

Crédito CAIXA Tem para novos clientes:

A partir de 8 de novembro, novos clientes podem abrir sua conta no CAIXA Tem e ter acesso aos serviços da conta Poupança Digital+. A possibilidade de solicitação de crédito também será disponibilizada para novos usuários, ou seja, todos os brasileiros poderão ter sua conta digital na CAIXA e solicitar o Crédito CAIXA Tem. A oferta dos empréstimos para novos clientes segue calendário que se inicia em 8 de novembro. Confira:

Jornal Midiamax