Cotidiano

Bolsa Família turbinado pode pagar R$ 300 a partir de agosto aos beneficiados

Confira o que se sabe sobre a reformulação do programa

Gabriel Maymone Publicado em 11/06/2021, às 12h19

Valor médio do Bolsa Família pode passar para R$ 300
Valor médio do Bolsa Família pode passar para R$ 300 - Divulgação

Já faz meses que o governo federal vem anunciando uma reforma do Bolsa Família. A ideia é turbinar o programa a partir de agosto, um mês antes do fim do auxílio emergencial, que deve ser pago até setembro, caso não haja nova prorrogação.

Conforme as últimas declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o novo valor médio do programa será de R$ 300. Além disso haverá uma ampliação na faixa mínima de entrada para R$ 100 e digitalização do cadastro.

No fim de maio, em entrevista concedida à TV Brasil, a ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, garantiu que o programa Bolsa Família será ampliado para atender um número maior de famílias, além de que passará por reformulação e terá também valor médio maior.

De acordo com os informes concedidos, seriam criados novos abonos e ampliado o número total de pessoas contempladas. As atuais mensalidades são:

  • Benefício Básico: Famílias em situação de extrema pobreza – R$ 89,00 mensais
  • Benefício Variável: Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 15 anos – R$ 41,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00
  • Benefício Variável Jovem: Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos – R$ 48,00 por mês e cada família pode acumular até dois benefícios, ou seja, R$ 96,00
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza: famílias em situação de extrema pobreza. Cada família pode receber um benefício por mês – o valor é calculado a partir da renda da família.

Para o novo Bolsa Família o governo prevê a consolidação de:

  • Valor do auxílio-creche mensal para cada criança seria de R$ 52,00
  • Bônus anual para o melhor aluno de R$ 200,00
  • Bolsa mensal de R$ 100,00, mais um prêmio anual de estudante científico e técnico de destaque de R$ 1.000,00
  • Renovação nas regras de entrada e saída do programa
  • Atualização nos critérios mínimos de renda para inclusão no projeto
Jornal Midiamax