Cotidiano

Beba água: Inmet coloca MS em alerta para grande perigo de baixa umidade do ar

Campo Grande registrou 7% de umidade do ar nesta quinta-feira e nesta sexta-feira marcou 12%

Mariane Chianezi Publicado em 23/07/2021, às 16h29

None
Henrique Arakaki, Midiamax/Arquivo

O estado de Mato Grosso do Sul segue com alerta de grande perigo para a baixa umidade relativa do ar, conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Os moradores devem evitar exposição do sol, optar por tomar bastante água e manter os ambientes frescos. 

[Colocar ALT]
Reprodução/Inmet

Segundo o alerta, cidades da região central, leste e cidades da região do Pantanal compreendem o aviso. O mapa ao lado mostra, que na área em vermelho é a região mais crítica. 

De acordo com o meteorologista Natálio Abraão, na tarde desta sexta-feira (23), a cidade de Corumbá registrou 15% de umidade relativa do ar, enquanto Campo Grande, que chegou a marcar 7% nesta quinta-feira, registrou 21%. Mais cedo, o Inmet apontou que o tempo seco chegou a ter 12% de umidade. 

Cassilândia, Água Clara e Jardim tiveram 18% de umidade relativa, enquanto Três Lagoas e Rio Brilhante registraram 19%. Para orientar os moradores, o Inmet deu as seguintes orientações:

  • Beba bastante líquido.
  • Atividades físicas são nocivas em tal tempo seco.
  • Evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.
  • Use hidratante para pele e umidifique o ambiente.
  • Evite bebidas diuréticas (café e álcool).

Qualquer emergência, basta entrar em contato junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Jornal Midiamax