Cotidiano

Banda Codinome Winchester fará live na Tv Educativa nesta segunda-feira

A banda Codinome Winchester irá fazer uma live diretamente da Tv Educativa em Campo Grande, nesta segunda-feira (04), a partir das 15h (horário de MS). A live será transmitida no canal 04 da Tv Educativa, canal 13 de Dourados, canal 48 de Chapadão do Sul no You Tube da banda e no portaldaeducativa.com.br. Segue o […]

Diego Alves Publicado em 03/01/2021, às 21h41

Banda Codinome Winchester
Banda Codinome Winchester - Banda Codinome Winchester

A banda Codinome Winchester irá fazer uma live diretamente da Tv Educativa em Campo Grande, nesta segunda-feira (04), a partir das 15h (horário de MS). A live será transmitida no canal 04 da Tv Educativa, canal 13 de Dourados, canal 48 de Chapadão do Sul no You Tube da banda e no portaldaeducativa.com.br. Segue o histórico feito pela banda, abaixo:

Codinome Winchester

Viemos do incomum. Buscamos o incômodo. Não pela simples graça, mas pelo barulho. Pelo calor, pelo soco. Um velho rifle colocado em ação novamente. Um disparo no escuro.” Mas, quem assiste a banda Winchester entende que seu som realmente causa impacto aos ouvidos mal acostumados; pois é um disparo violento do velho Rock n’ Roll com toques de psicodelia e um soco de musicalidade do Indie Rock. Seu show é vibrante.

Dificilmente se vê alguém da platéia parado; a banda incita ao movimento do corpo, da mesma forma que as bandas de rock setentistas; porém, com um resultado musical forte e moderno, que mostra as novas tendências do rock internacional, e se destaca com músicas autorais cada vez mais pedidas pelo público.

Os músicos que estão agitando o cenário rock de Campo Grande ao quebrar as velhas tendências, são: Arthur Maximiliano (guitarra e theremin), Fillipe Saldanha (vocal), Guilherme Napa (bateria), Luciano Armstrong (guitarra e sintetizador), Thiago Souto (baixo). Arthur e Luciano são roqueiros classudos. Eles tiram de cada corda um som que satisfaz o mais exigente dos músicos da velha guarda do Rock, porém os dois rapazes não dispensam explorar timbres novos com pedais e diferentes equipamentos; qualquer solo que venha desses simpáticos garotos de vinte e poucos anos soa com uma elegância que só gente grande consegue produzir. Fillipe, além do domínio de palco e do carisma espontâneo de quem ama o que faz, impressiona o público com letras que instigam o pensamento e uma voz que vai do grave ao agudo com a facilidade de quem literalmente nasceu cantando Rock. Guilherme, o Napa, na “cozinha” da banda, mostra que não está para brincadeira com suas mão precisas e pesadíssimas, juntamente com Thiago, que acompanhando, cria grooves de baixo com uma pegada igualmente intensa.

A banda Winchester, que nasceu tocando para amigos e em eventos da Ufms, se assumiu como profissional em 2013; pois, cada vez mais solicitada pelas casas noturnas de Campo Grande, exigiu dos músicos a responsabilidade de viver da música. Essa visão de empreender-se no mercado musical os levou para shows em outras cidades do Ms, mas eles querem mais, já tocaram com Cachorro Grande, Vanguart, Supercombo, e em aclamados festivais sul-matogrossenses. Também participaram do concurso Temos Vagas promovido pelo festival Lollapalooza, no qual ficaram entre as bandas mais votadas em todo o território nacional. No segundo semestre de 2014, a banda lançou com êxito seu Ep contendo 4 faixas autorais – o “10% Alien”, e em 2015, além de dois vídeo clipes com alto nível de produção, a banda ainda lança 5 músicas novas ao mundo, e se prepara para shows Brasil afora.

A Winchester, que começou como um tiro no escuro, mirou e acertou na excelente qualidade do Rock.

Jornal Midiamax