Cotidiano

Baixa adesão faz prefeitura de MS avançar vacinação para pessoas com mais de 46 anos

Sobra de doses fez Três Lagoas também antecipar vacinação de industriários com mais de 45 anos e aplicação da 2ª dose da AstraZeneca

Humberto Marques Publicado em 28/06/2021, às 18h22

Três Lagoas vai antecipar vacinação de alguns grupos a partir desta terça-feira
Três Lagoas vai antecipar vacinação de alguns grupos a partir desta terça-feira - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Diante da baixa adesão dos grupos que, na semana passada, foram autorizados a se imunizarem contra o novo coronavírus em Três Lagoas –a 338 km de Campo Grande–, a Secretaria Municipal de Saúde anunciou a adição de mais pessoas que poderão se vacinar a partir desta terça-feira (29).

Assim, com os mesmos lotes disponíveis na semana passada, poderão ser imunizados com a primeira dose no município pessoas com mais de 46 anos e trabalhadores da indústria acima de 45 anos.

Já as pessoas que receberam a primeira dose da vacina da AstraZeneca até 7 de maio poderão, nesta semana, receber a segunda dose.

As pessoas com 46 anos ou mais poderão se imunizar em todas as Unidades de Saúde da cidade durante o horário de funcionamento das salas de vacinação. Para isso, devem comparecer aos locais com documento oficial com foto, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência atualizado.

As unidades de Saúde também serão os locais para aplicação da segunda dose da AstraZeneca de quem recebeu a primeira até 7 de maio. A aplicação só será feita mediante aplicação do cartão de vacinação Covid-19 (entregue quando foi aplicada a primeira dose) e documento oficial com foto.

No caso dos trabalhadores da indústria com mais de 45 anos, a vacinação será aplicada apenas no Centro de Imunização instalado na Biblioteca Municipal Rosário Congro (Rua Alexandre Costa, 241, Centro, a Circular da Lagoa Maior). A vacinação será oferecida das 7h30 às 10h3- e das 13h30 às 16h30.

Para receber a vacina, eles devem apresentar documento que comprove a situação de trabalhador empregado de empresas industriais, como declaração dos locais onde atuam, carteira de trabalho, contracheque com documento de identidade ou o crachá funcional.

A Saúde de Três Lagoas alerta às pessoas que se vacinaram contra a Influenza H1N1 há menos de 15 dias que elas não devem se vacinar neste momento. Somente depois de transcorrido esse prazo elas devem procurar a unidade de Saúde para agendar a imunização contra o novo coronavírus.

Jornal Midiamax