Cotidiano

Após queda de helicóptero, senadores cobram explicações sobre frota militar paraguaia

A Força Aérea do Paraguai informou em nota que já determinou a abertura de um procedimento investigativo

Marcos Morandi Publicado em 25/11/2021, às 16h25

Acidente deixou três militares mortos. O quarto tripulante sobreviveu e segue internado em Hospital Militar
Acidente deixou três militares mortos. O quarto tripulante sobreviveu e segue internado em Hospital Militar - Divulgação

O Ministério da Defesa do Paraguai terá que dar explicações ao Senado após acidente com helicóptero da Força Aérea na manhã desta quinta-feira (25) que causou três mortes. O pedido foi apresentado pelo senador Enrique Salyn Buzarquis e obteve apoio da maioria.

O senador Buzarquis considerou criminosa a falta de manutenção dos aviões. “Nessas condições não entraria em helicópteros da Força Aérea. A questão da manutenção é uma questão penal e duvido muito que a manutenção seja feita de maneira adequada”, questionou o parlamentar.

Logo após a queda do helicóptero tipo H1, que faz parte do lote de aeronaves doadas pela China, a Força Aérea do Paraguai informou em nota que já determinou a abertura de um procedimento investigativo para esclarecer as causas do acidente.

Em entrevista à imprensa paraguaia o General da Divisão Aeronáutica, Arturo González, garantiu que a aeronave estava em perfeitas condições. Entretanto, este é o segundo acidente envolvendo aeronave de propriedade da Força Aérea somente este ano.

Em fevereiro um Cessna 402 que tinha saído de Fuerte Olimpo, no Departamento de Alto Paraguai. Segundo Informações da Força Aérea Paraguaia, sete pessoas morreram durante a queda.

No acidente desta quinta-feira (25), três dos quatro tripulantes morreram. Os corpos foram identificados como sendo dos instrutores Gustavo Rafael Velazco Acosta, Andrea Cubilla e Gustavo Arzamendia. O primeiro sargento Ariel Martínez Cabrera, que foi resgatado com vida, segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Militar.

Jornal Midiamax