Cotidiano

Após faltar doses, Sesau confirma vacinação neste domingo em Campo Grande

Neste sábado (10) pontos de imunização contra Covid-19 registraram esgotamento de doses

Karina Campos Publicado em 10/04/2021, às 15h42

None
(Foto: Marcos Morandi)

Após dia de alta procura, registrada neste sábado (10), e esgotamento de doses nos pontos de vacinação, em Campo Grande, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), confirmou a continuação da vacinação em massa de cerca de 500 indígenas moradores da Aldeia Urbana Marçal de Souza, do bairro Tiradentes, em Campo Grande, neste domingo (11). Segundo a SES (Secretaria Estadual de Saúde), que cerca de 13 mil doses de imunizantes contra a Covid-19 ‘sobraram’, por conta da recusa de tomar a vacina, em aldeias de MS.

Embora o esgotamento de doses em várias unidades de saúde, as doses que serão utilizadas já estavam reservadas para o evento. A vacinação em massa deve contar com a presença do prefeito Marquinhos Trad (PSD), Vice-Prefeita Adriane Lopes e o secretário da pasta, José Mauro.

De acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), as suspensões no atendimento, por conta da falta de doses, já atingem as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do Coophavila e Dona Neta Zerado.

Das 40 senhas distribuídas aos moradores, na UBS UBS Albino Coimbra, apenas 10 doses restavam ser aplicadas. No Itamaracá todas senhas também foram entregues.

Quem buscou a imunização no Albano Franco, na Avenida Mato Grosso, se surpreendeu com a organização e rapidez no atendimento. O engenheiro Jair Martins Molina ficou cerca de 2 horas na fila do drive do Parque Ayrton Senna, onde brigas e até atropelamento de idosos, por ‘fura filas’, foram registrados. Ao chegar no portão foi avisado que as doses do fia haviam acabado.

A aplicação da dose de reforço será feita somente em pessoas que tomaram a primeira dose da Coronavac do dia 10 a 22 de março, ou que estejam com a vacinação agendada do dia 7 a 22 de abril. Não está sendo feita a aplicação da segunda dose de Astrazeneca. 

Jornal Midiamax