Cotidiano

Junho é o mês com mais casos de covid e MS registra 30 mortes em 24h

Estado viveu situação crítica nos primeiros 20 dias do mês

Gabriel Maymone Publicado em 29/06/2021, às 10h55

Junho é o mês com mais casos confirmados de covid
Junho é o mês com mais casos confirmados de covid - Marcos Ermínio / Midiamax

O boletim da covid divulgado na manhã desta terça-feira (29) mostra Mato Grosso do Sul confirmou 1.100 novos casos da doença nas últimas 24 horas. Dessa forma, junho se torna o mês com maior o úmero de contaminados desde o início da pandemia, com 43.956. Até então, o pior mês em casos havia sido maio, que fechou com 42.540.

Em relação ao número de mortes, o boletim informa que foram 30 óbitos nas últimas 24. Dessa forma, o Estado soma 333.581 contaminados pelo coronavírus e 8.153 vidas perdidas na pandemia.

Em relação às mortes, junho tem o 2º maior número da pandemia, com 1.174 óbitos, atrás de abril (1.396).

Internações

Indicador que está em queda é o número de pacientes com covid internados em MS. O novo boletim traz 881 pessoas em hospitais, sendo que 490 apresentam quadro de saúde grave e estão em UTIs (Unidade de Terapia Intensiva), sendo 397 internadas pelo SUS e 93 na rede privada.

Já, 391 estão em leitos clínicos, com 283 em leitos públicos e 108 em hospitais particulares. 

A taxa de ocupação está abaixo dos 100% nas 4 macrorregiões de MS. Em Campo Grande -  que inclui municípios como Sidrolândia, Aquidauana e Coxim, o índice é de 97%. Em Três Lagoas a ocupação em UTIs é de 94% e de 92% em Corumbá. Por fim, Dourdos tem o índice mais baixo do Estado, com 85% dos leitos ocupados.

Jornal Midiamax