Cotidiano

Alívio nas internações: taxa de ocupação de leitos de UTI Covid cai para 22,9%

Mato Grosso do Sul alcançou no último fim de semana a imunidade coletiva da população

Mariane Chianezi Publicado em 20/09/2021, às 08h19

None

Com a vacinação avançando mais a cada dia, Mato Grosso do Sul começa a sentir os reflexos positivos da campanha de imunização contra a Covid-19. Mantendo o ótimo índice, o estado está com 'sinal verde' na taxa de ocupação de leitos covid, com internações em apenas 22,9% na manhã desta segunda-feira (20). MS alcançou a imunidade coletiva dos moradores no último sábado (18) e se tornou o primeiro estado do país a atingir a meta de 70% dos imunizados com mais de 18 anos.

MS registrou 22,9% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes com covid ocupados. O número representa a menor taxa de ocupação de leitos de UTI covid do ano de 2021. Os dados são divulgados no painel Mais Saúde da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Conforme levantamento, MS possui 401 leitos UTI adulto para pacientes com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e Covid, sendo que há 92 pacientes em estado grave internados em hospitais no Estado. Sendo assim, restam 309 vagas no sistema de saúde.

Os dados apresentam uma queda em relação à ocupação dos leitos, onde estão internadas 100 pessoas. Em relação aos municípios, a taxa de ocupação de leitos para pacientes com coronavírus em Campo Grande é de 27,9%, ou seja, há 56 leitos de UTI Covid ocupados dos 203.

Em Dourados, a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com coronavírus é de 21,5%, enquanto em Três Lagoas é de 13,6% e Corumbá 30% dos leitos ocupados. Os quatro municípios são sedes de macrorregiões de saúde e recebem pacientes de outras cidades.

Jornal Midiamax