Cotidiano

Ação em Campo Grande capacita parteiras ribeirinhas sobre reanimação de recém-nascidos

A iniciativa humanitária aconteceu pela primeira vez na Capital

Mariane Chianezi Publicado em 22/09/2021, às 17h00

None
Divulgação

Pela primeira vez em Campo Grande, Jornada de Pediatria Neonatal, que já passou por 25 países e oito estados brasileiros, capacitará 85 profissionais de saúde de cidades do Mato Grosso do Sul, entre eles, 25 parteiras de comunidades ribeirinhas do interior do Estado.

A ação é promovida pelo Programa de Ajuda Humanitária de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em parceria com a Sociedade Brasileira de Pediatria, Secretaria de Saúde do Estado e Sociedade de Pediatria do Mato Grosso do Sul.

Nos últimos 20 anos, milhares de profissionais foram capacitados pelo projeto no Brasil. O evento conta com o apoio de médicos e enfermeiros voluntários para troca de experiências sobre reanimação neonatal.

O objetivo é aperfeiçoar as equipes da região com técnicas que ajudam a salvar a vida de bebês que apresentem dificuldades respiratórias no parto, uma vez que a aptidão deste profissional é determinante para a manutenção da vida, especialmente nos primeiros minutos após o nascimento.

A coordenadora do projeto em Campo Grande, pediatra Carmen Figueiredo destaca a importância de capacitar médicos, enfermeiros e parteiras que atuam na assistência ao recém-nascido no momento do parto, em áreas remotas como cidades e comunidades do interior do estado, distantes da capital, que muitas vezes não tem nem mesmo uma unidade hospitalar ou de saúde.

“Essa iniciativa nos possibilita orientar esses profissionais para a avaliação da vitalidade do neonato ao nascimento, bem como na ressuscitação, se necessária, levando conhecimento e treinamento para que ajudem bebês a iniciar a respiração no primeiro minuto de vida, para que os auxiliem nesse delicado momento de adaptação à vida extrauterina, prevenindo e minimizando o óbito neonatal precoce por asfixia, muito comum nessas regiões”, afirma.

O missionário de ajuda humanitária de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Élder Bassi, pontua:

“Seguimos o firme compromisso estabelecido por Jesus Cristo ao ensinar que quando estamos a serviço de nosso próximo, estamos a serviço de nosso Deus. Por isso não medimos esforços para ajudar aqueles que mais precisam e esse treinamento neonatal é mais uma demonstração desse compromisso”, frisa.

Mais de 2 mil kits

Após o processo de capacitação, as parteiras receberão kits com apostila da Sociedade Brasileira de Pediatria e todos os equipamentos básicos necessários para realizar os procedimentos aprendidos.

Seguindo o mesmo padrão dos anos anteriores, maternidades e hospitais do Mato Grosso do Sul receberão doações de instrumentário - ao todo, serão entregues mais de dois mil itens entre estetoscópios, balões auto infláveis de silicone, laringoscópios, manequins neonatais, seringas e os mais variados equipamentos necessários para realizar a reanimação neonatal.

Edições da Jornada de Pediatria Neonatal já capacitaram profissionais da saúde em diversos lugares do mundo, como Albânia, Argentina, Botsuana, Colômbia, República Democrática do Congo, Equador, Egito, El Salvador, Gana, Índia, Jordânia, Líbano, Lesoto, Libéria, Malásia, Mongólia, Mianmar, Namíbia, Nigéria, Paraguai, Peru, Serra Leoa, Tailândia, Turquia e Ucrânia.

No Brasil, o projeto já foi realizado em Teresina (PI), Guarulhos e São José do Rio Preto (SP), Resende (RJ), Feira de Santana e Salvador (BA), Recife (PE), Rio Branco (AC), Maceió (AL), São Luís e Imperatriz (MA), entre outras cidades.

SERVIÇO
Evento: Jornada de Pediatria Neonatal
Data: Entre os dias 22 e 23 de setembro
Local: Avenida Dr. João Rosa Píres, 859 – Centro.

Jornal Midiamax