Cotidiano

VÍDEO: MS recebe doação de 15 respiradores e 20 mil máscaras contra coronavírus

Pousou no início da tarde deste sábado (18), na Base Aérea de Campo Grande, aeronave trazendo 15 respiradores que foram doados a Mato Grosso do Sul, para tratamento de pacientes com coronavírus. A doação é da empresa Suzano, indústria de celulose, e de acordo com o secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, […]

Renata Volpe Publicado em 18/04/2020, às 12h45 - Atualizado em 18/07/2020, às 00h33

Imagem Ilustrativa (Leonardo de França, Midiamax)
Imagem Ilustrativa (Leonardo de França, Midiamax) - Imagem Ilustrativa (Leonardo de França, Midiamax)

Pousou no início da tarde deste sábado (18), na Base Aérea de Campo Grande, aeronave trazendo 15 respiradores que foram doados a Mato Grosso do Sul, para tratamento de pacientes com coronavírus.

A doação é da empresa Suzano, indústria de celulose, e de acordo com o secretário da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, cada aparelho custou R$ 170 mil. “A compra foi da China e o preço não ajudou muito por causa do câmbio, mas a doação mostra o empenho dessas empresas na ajuda ao combate do coronavírus”.

Segundo Verruck, dos 15 respirados, 8 vão para Três Lagoas e o restante será destinado à SES (Secretaria de Estado de Saúde). Também foram doadas 85 mil máscaras N95, compradas na China. “Estão chegando agora 20 mil e até o dia 30, vão ser mais 60 mil”. 

Destas, 4 mil máscaras vão para Três Lagoas, 10 mil para Campo Grande e o restante será distribuído aos municípios de Selvíria, Brasilândia, Água Clara, Aparecida do Taboado e Ribas do Rio Pardo, região leste onde a empresa atua.

A empresa Paper Excellence Group doou 4 mil EPIS (Equipamento de Proteção Individual), como macacão com protetor facial. “Esses equipamentos foram doados ontem à noite (17) e serão distribuídos em Três Lagoas e para SES que faz a distribuição do restante”.

VÍDEO: MS recebe doação de 15 respiradores e 20 mil máscaras contra coronavírus
(Leonardo de França, Midiamax)

Segundo o secretário de Saúde, Geraldo Resende, os ventiladores pulmonares, ou respiradores, são instrumentos necessários principalmente para pacientes críticos que necessitam de leitos de UTI. “Os sete respiradores vão para o Hospital Regional e com isso, o hospital se consolida como referência no combate ao Covid-19”.

Resende diz que são mais 229 novos leitos de UTI, com a construção da rede de apoio durante a pandemia. “Há doação de outras empresas e isso mostra o compromisso social de cada uma, como a Ambev e Copagaz”.

O secretário afirmou que todos os equipamentos são comprados da China e é preciso analisar que um único país fornece tudo para o planeta. “Depois da pandemia, o mercado mundial precisa analisar que as compras são direcionadas para a China, único país fornecedor desses equipamentos”.

Jornal Midiamax