Cotidiano

VÍDEO: lixo toma calçada e parte da rua no Jardim das Hortências

Leitor que prefere não se identificar enviou vídeo da frente de um terreno com casa localizada na Rua Clevelândia, quase esquina com a Graça Aranha, no Bairro Jardim das Hortências em Campo Grande. O lixo com entulhos, galhos de árvores e móveis velhos tomam a calçada e parte da rua. Ainda segundo o leitor, que […]

Diego Alves Publicado em 09/02/2020, às 14h55 - Atualizado às 16h13

None

Leitor que prefere não se identificar enviou vídeo da frente de um terreno com casa localizada na Rua Clevelândia, quase esquina com a Graça Aranha, no Bairro Jardim das Hortências em Campo Grande. O lixo com entulhos, galhos de árvores e móveis velhos tomam a calçada e parte da rua.

Ainda segundo o leitor, que mora a algumas quadras do local, esta situação ocorre há anos. “É complicado, certeza que tem escorpião e dengue. A prefeitura tem que fazer alguma coisa”, diz. A reportagem enviou o vídeo para a prefeitura.

Dos tipos de escorpiões existentes, o que se tem maior incidência em Campo Grande é o Tityus confluens, aquele de coloração amarelada com o tórax em tons de marrom. Até o dia 15 de janeiro o CCZ (Centro de Controle de Zoonozes) registrou 87 acidentes envolvendo escorpiões. Diante de tantos casos e aparecimentos do aracnídeo, o Jornal Midiamax elenca dicas de cuidado para evitar o aparecimento e contato com o animal. Leia aqui as dicas. 

Já em relação a dengue, outro problema que tem ligação direta com acumulo de lixo, já há 2.129 possíveis casos de dengue notificados em Mato Grosso do Sul. O estado é o segundo estado brasileiro com maior incidência da doença. De acordo com o último Boletim Epidemiológico, publicado pelo Ministério da Saúde, a média no estado sul-mato-grossense é de 76,61 casos a cada 100 mil habitantes.

Jornal Midiamax