Cotidiano

VÍDEO: Incêndio destrói depósito de materiais de construção usados no Buriti

Corpo de Bombeiros precisou de 2 caminhões para apagar as chamas; proprietário suspeita que curto-circuito causou o incêndio.

Humberto Marques Publicado em 17/07/2020, às 13h27 - Atualizado às 17h45

Bombeiros usaram 5 mil litros de água para combater o fogo. (Foto: Leonardo de França)
Bombeiros usaram 5 mil litros de água para combater o fogo. (Foto: Leonardo de França) - Bombeiros usaram 5 mil litros de água para combater o fogo. (Foto: Leonardo de França)

Um incêndio no início da tarde desta sexta-feira (17) destruiu um imóvel que era usado como depósito de materiais de construção usados no número 295 da Rua das Árvores, a poucos metros do cruzamento com a Avenida Prefeito Lúdio Martins Coelho, no Buriti –sul de Campo Grande. O local foi completamente devastado pelas chamas, que ainda danificaram a parede de um imóvel vizinho. Não houve feridos.

O proprietário do imóvel, João Rodrigues, 65, contou ao Jornal Midiamax que utilizava a propriedade como depósito de materiais de construção usados (como madeira, ferro e pneus). “Uma vizinha ligou avisando que estava pegando fogo e, quando cheguei, já estava tudo fora de controle”, relatou.

Para Rodrigues, um curto-circuito pode ter provocado as chamas, que se espalharam rapidamente por conta da natureza inflamável dos materiais ali guardados. O imóvel era basicamente composto por telhas e vigas que se estendiam de um muro nos fundos para a frente, sendo destruído.

Corpo de Bombeiros precisou de 2 caminhões para apagar as chamas; proprietário suspeita que curto-circuito causou o incêndio.
Fogo destruiu totalmente a estrutura usada como depósito. (Foto: Leonardo de França)

A Rua das Árvores –importante acesso ao Centro de bairros como Buriti, Oliveira e Residencial Flores– precisou ser praticamente toda interditada no local, conforme explicou o tenente BM Gabriel Lopes. A coluna de fumaça era alta e intensa no local, sendo necessários 5 mil litros de água para conter as chamas (4 mil de um caminhão e 1 mil de outro).

Uma viatura de Saúde e outra do oficial da área também foram mobilizadas para o combate às chamas. Nos arredores, o reboco do muro em um imóvel aos fundos foi danificado, mas, aparentemente, a estrutura do muro não foi comprometida.

Confira abaixo vídeos feitos por moradores e pela reportagem sobre o incidente:

Jornal Midiamax