Cotidiano

Vai curtir o fim de semana? Confira o que pode e o que não pode em Campo Grande

Mais um fim de semana está chegando. Apesar de Campo Grande ter passado por diversas flexibilizações durante as últimas semanas, algumas regras continuam valendo. Para você não se perder, confira o que pode e o que não pode. Transporte coletivo – Esta semana, uma das mudanças decretadas foi nos ônibus. A prefeitura revogou medida que […]

Gabriel Maymone Publicado em 06/11/2020, às 14h00

Restaurantes e barzinhos podem funcionar, mas com 50% da capacidade. (Foto: Reprodução)
Restaurantes e barzinhos podem funcionar, mas com 50% da capacidade. (Foto: Reprodução) - Restaurantes e barzinhos podem funcionar, mas com 50% da capacidade. (Foto: Reprodução)

Mais um fim de semana está chegando. Apesar de Campo Grande ter passado por diversas flexibilizações durante as últimas semanas, algumas regras continuam valendo. Para você não se perder, confira o que pode e o que não pode.

Transporte coletivo – Esta semana, uma das mudanças decretadas foi nos ônibus. A prefeitura revogou medida que permitia o embarque de apenas 50% dos passageiros. Com isso, os usuários poderão embarcar pela porta traseira dos veículos. Os terminais já estão funcionando até às 23h30.

Toque de recolher – A circulação de pessoas e o funcionamento de bares e restaurantes estão liberados, sem restrição de horário. O último decreto em vigor determinava o confinamento a partir da 1h até 5h.

Bares, restaurantes e casas noturnas – entretanto, para quem quer sair na noite e frequentar algum estabelecimento, ainda é necessário cumprir outras exigências para evitar o coronavírus. Entre elas estão: uso de máscara, distanciamento social e capacidade máxima de 50% da lotação do empreendimento.

Festas e eventos – ainda, está liberada a realização de eventos como casamentos e festas. Porém, também estão sujeitos a algumas regras como lotação máxima de 50% da capacidade, distanciamento de mesas, uso de máscara e desinfecção com álcool em gel. Também, o consumo de alimentos e bebidas ficará restrito apenas aos espaços das lanchonetes e restaurantes existentes no local, que devem seguir as regras específicas de biossegurança.

Shows – está vedada a realização de apresentações em que não seja possível manter o distanciamento social mínimo de 1,5m e recomenda-se que as atividades sejam realizadas em locais abertos ou arejados. Também está vedada a disponibilização de pistas de dança, assim como a prática de dança pelas pessoas presentes no local.

Cinemas – outra diversão do campo-grandense está liberada: os cinemas. Assim, as três redes de cinema que operam na cidade já retomaram a exibição de filmes. O decreto que liberou o retorno dessa atividade libera o consumo de lanches dentro das salas, mas determina distanciamento de 1,5m entre poltronas (exceção para os espectadores que morem na mesma casa), uso de máscara, lotação máxima de 50% da capacidade e desinfecção das salas entre uma sessão e outra.

Clubes – Para aqueles que desejam se refrescar na piscina, a prefeitura também já liberou as atividades em clubes. O uso de saunas está liberado, desde que seu uso seja de forma individual. Fiscais devem garantir o distanciamento de 1,5m entre os frequentadores, controlar fluxo de usuários nos banheiros para evitar aglomeração e consumo de bebidas e alimentos liberados somente nos espaços de lanchonete ou restaurante dos clubes.

Por fim, vale ressaltar que Campo Grande ainda está sob a pandemia do coronavírus e que todas as medidas de biossegurança devem ser cumpridas, para evitar a disseminação do vírus.

Jornal Midiamax