Cotidiano

UEMS formaliza acordo de concessão para implantar observatório do corredor bioceânico

A UEMS (Universidade Estadual de Mato grosso do Sul) formalizou acordo de concessão da Escola Agrícola do município de Guia Lopes da Laguna, com vigência de 20 anos, para futura instalação de um polo vinculado ao observatório do corredor bioceânico, que integra a Rota de Integração Latino-Americana (RILA).  A iniciativa foi de um vereador do […]

Renata Volpe Publicado em 03/05/2020, às 07h23

Guia Lopes da Laguna formalizou acordo com a UEMS de concessão da Escola Agrícola. (Arquivo, UEMS)
Guia Lopes da Laguna formalizou acordo com a UEMS de concessão da Escola Agrícola. (Arquivo, UEMS) - Guia Lopes da Laguna formalizou acordo com a UEMS de concessão da Escola Agrícola. (Arquivo, UEMS)

A UEMS (Universidade Estadual de Mato grosso do Sul) formalizou acordo de concessão da Escola Agrícola do município de Guia Lopes da Laguna, com vigência de 20 anos, para futura instalação de um polo vinculado ao observatório do corredor bioceânico, que integra a Rota de Integração Latino-Americana (RILA). 

A iniciativa foi de um vereador do município em 2018 e, além deste uso exponencial, a parceria também vai fomentar ações de ensino, pesquisa e extensão utilizando a estrutura predial da escola cedida para receber acadêmicos, professores e técnicos da UEMS com projetos e pesquisas que visem atender as demandas da população.

Segundo o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, a ampliação da estrutura física da UEMS no Estado, que ocorre com a cedência da Escola Agrícola em Guia Lopes da Laguna, fortalece a interiorização, que sempre foi um dos eixos da  universidade. “Essa cessão também viabiliza a oportunidade de continuarmos a ofertar uma educação pública e de qualidade, impactando positivamente a sociedade do Estado, em particular o povo lagunense”.

O coordenador da Rota de Integração Latino-Americana, Ruberval Maciel, informou que o projeto exponencia o processo de estreitamento dos laços com outros países de nosso continente, seja econômica, econômico-financeira ou de logística. “Pretendemos tornar a UEMS protagonista nestes debates, costurando subsidiando estudos e direcionamentos a uma rede importante dos países da América do Sul. Temos o cadastro de 140 pesquisadores neste projeto”, afirmou.

Município

Guia Lopes da Laguna foi a primeira cidade dentro da rota bioceânica a efetivar parceria com a UEMS. A Universidade, nas palavras do coordenador da RILA, dará suporte ao município e região objetivando subsidiar, por meio de estudos, projetos que impactem positivamente a vida da população.

Nesta semana, o reitor e demais integrantes da equipe da UEMS também fizeram levantamentos das potencialidades a serem trabalhadas, mediante visita técnica à Escola Agrícola municipal. 

Dentre as potencialidades de desenvolvimento de ações que visem ampliação e fortalecimento desta parceria, foram traçados cinco eixos estratégicos: I) Direito, Inovação e Integração; Educação, II) Cultura, Educação e Impactos Sociais; III) Turismo, Gestão e sustentabilidade; IV) Saúde e Fronteira e Território e V) Negócios e Transporte

Jornal Midiamax