Cotidiano

Desrespeito aumenta e 142 foram flagrados após toque de recolher na Sexta-Feira Santa em Campo Grande

A operação Toque de Recolher, na noite desta Sexta-Feira Santa (10), flagrou 142 pessoas nas ruas e 35 estabelecimentos abertos em Campo Grande. A medida visa contar o avanço do novo coronavírus (Covid-19), e evitar aglomeração. Conforme o balanço divulgado, 36 Guardas Municipais com apoio da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), […]

Karina Campos Publicado em 11/04/2020, às 07h57 - Atualizado às 17h44

(Foto: Divulgação GM)
(Foto: Divulgação GM) - (Foto: Divulgação GM)

A operação Toque de Recolher, na noite desta Sexta-Feira Santa (10), flagrou 142 pessoas nas ruas e 35 estabelecimentos abertos em Campo Grande. A medida visa contar o avanço do novo coronavírus (Covid-19), e evitar aglomeração.

Conforme o balanço divulgado, 36 Guardas Municipais com apoio da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), fiscalizaram as sete regiões da Capital: Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo. As equipes flagraram os comércios abertos fora do horário permitido no decreto municipal. Nenhum proprietário apresentou resistência ou reclamação para fechar durante a abordagem.

142 pessoas foram abordadas e orientadas a voltarem e permanecerem do lado de dentro de suas residências. 42 veículos foram abordados no trânsito, sendo que 1 carro e duas motos tiveram as rodas removidas, 5 notificações lavradas, 3 condutores sem habilitação e 2 com documento vencido.

O decreto municipal estabelece que comércios fechem e moradores fiquem em casa a partir das 22h às 5h.

Jornal Midiamax