Cotidiano

Tempo fechado atrapalha visibilidade de alinhamento raro de planetas em Campo Grande

Acontece na noite desta segunda-feira (21), a conjunção entre Júpiter e Saturno, que não é visto a quase 800 anos. O fenômeno poderá ser visto a olho nu, porém, em Campo Grande o mau tempo e a chuva atrapalha a visibilidade. Segundo o astrônomo Vinícius Pavão, uma live com início do fenômeno será transmitida a […]

Karina Campos Publicado em 21/12/2020, às 17h39 - Atualizado às 18h00

(Foto: Leonardo de França)
(Foto: Leonardo de França) - (Foto: Leonardo de França)

Acontece na noite desta segunda-feira (21), a conjunção entre Júpiter e Saturno, que não é visto a quase 800 anos. O fenômeno poderá ser visto a olho nu, porém, em Campo Grande o mau tempo e a chuva atrapalha a visibilidade.

Segundo o astrônomo Vinícius Pavão, uma live com início do fenômeno será transmitida a partir das 18h30, se as condições climáticas fossem favoráveis. “Não estou achando que irá dar para ver, está chovendo bastante ainda”, disse.

Tempo fechado atrapalha visibilidade de alinhamento raro de planetas em Campo Grande
Evento pode ser visto a olho nu em algumas cidades (Foto: Reprodução/NASA)

O mesmo aconteceu na segunda-feira passada (14), um eclipse solar pode ser visto em várias regiões do Brasil, e um dos estados a ter a possibilidade de ver a olho nu o momento seria Mato Grosso do Sul, porém o tempo fechou por volta das 11h30, atrapalhando a visibilidade no céu.

Já que o céu da Capital não favoreceu a vista, o canal no Youtube do Observatório Nacional disponibiliza o vídeo ao vivo e a explicação do processo de alinhamento entre os planetas. Clique aqui para assistir.

Jornal Midiamax