Cotidiano

Sindicato de enfermagem faz campanha de troca de máscaras para ajudar profissionais da saúde

Em falta no mercado e nos hospitais em Campo Grande, as máscaras N95 e cirúrgicas são essenciais para os profissionais a saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus (Covid-19). Para minimizar o problema o Siems (Sindicato dos Trabalhadores em Enfermagem de Mato Grosso do Sul) lançou uma campanha de troca dos […]

Ana Paula Chuva Publicado em 08/04/2020, às 11h17

Divulgação | Siems
Divulgação | Siems - Divulgação | Siems

Em falta no mercado e nos hospitais em Campo Grande, as máscaras N95 e cirúrgicas são essenciais para os profissionais a saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus (Covid-19). Para minimizar o problema o Siems (Sindicato dos Trabalhadores em Enfermagem de Mato Grosso do Sul) lançou uma campanha de troca dos itens.

De acordo com o Siems, a instituição efetuou uma comprando de R$ 30 mil em itens de proteção individual entre óculos de proteção com vedação, protetores faciais e tecidos para confeccionar aventais, mas as máscaras cirúrgicas ainda estão em falta no mercado e por isso estão fabricando máscaras de tecido para troca com a população.

As máscaras de tecido não podem ser usadas pelos profissionais de saúde, dentro as unidades hospitalares, segundo a vice-presidente do Siems Helena Delgado. “A população pode usar essas máscaras de tecido, nós profissionais da saúde não podemos usá-las dentro dos hospitais, por isso pedimos que quem tiver esses itens em casa faça a troca conosco por duas de tecido”, disse.

Quem quiser participar da campanha, ressalta Helena, não precisa nem sair de casa, basta ligar no (67) 3028-7499 ou 3028-7399 que um dos representantes da instituição vai até você para efetivar a troca.

Jornal Midiamax