Cotidiano

SES suspende cirurgias eletivas para controlar recursos contra o coronavírus

O secretário da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Geraldo Resende anunciou durante coletiva de imprensa a suspensão das cirurgias eletivas em Mato Grosso do Sul a partir da próxima segunda-feira (23) para controlar a disseminação do novo coronavírus, o Covid-19. Resende explicou que a medida servirá para canonizar os recursos da saúde para que […]

Vinícius Costa Publicado em 20/03/2020, às 16h38 - Atualizado em 21/03/2020, às 09h25

Cirurgias eletivas são as de menor risco (Foto: Ilustrativa)
Cirurgias eletivas são as de menor risco (Foto: Ilustrativa) - Cirurgias eletivas são as de menor risco (Foto: Ilustrativa)

O secretário da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Geraldo Resende anunciou durante coletiva de imprensa a suspensão das cirurgias eletivas em Mato Grosso do Sul a partir da próxima segunda-feira (23) para controlar a disseminação do novo coronavírus, o Covid-19.

Resende explicou que a medida servirá para canonizar os recursos da saúde para que seja feito o enfrentamento da pandemia da doença, evitando também as aglomerações.

As cirurgias eletivas já havia sido pauta durante uma reunião do MPMS (Ministério Público) juntamente com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e representantes do governo nesta semana, mas a decisão de suspender veio somente nesta sexta.

“Quero dizer que nós estamos vigilantes. E mais uma vez o apelo, a única vacina contra o coronavírus que existe até o presente momento é ficar em casa”, disse o secretario.

Jornal Midiamax