Cotidiano

Sem medicamentos, HR suspende sessões de quimioterapia em pacientes com câncer

Pacientes que estavam tratando de câncer no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), foram informados nesta terça-feira (7), da suspensão das sessões de quimioterapia por falta de medicamentos. Umas das pacientes, Julia Vitoria Francisca de Moura, 20, trata de leucemia desde o mês de março na unidade. Ela conta que a falta do […]

Karina Campos Publicado em 07/07/2020, às 16h17 - Atualizado em 08/07/2020, às 08h41

Pacientes foram informados que não há previsão para retorno do tratamento na unidade. (Foto: Arquivo Midiamax)
Pacientes foram informados que não há previsão para retorno do tratamento na unidade. (Foto: Arquivo Midiamax) - Pacientes foram informados que não há previsão para retorno do tratamento na unidade. (Foto: Arquivo Midiamax)

Pacientes que estavam tratando de câncer no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), foram informados nesta terça-feira (7), da suspensão das sessões de quimioterapia por falta de medicamentos.

Umas das pacientes, Julia Vitoria Francisca de Moura, 20, trata de leucemia desde o mês de março na unidade. Ela conta que a falta do tratamento pode causar prejuízos e sintomas mais severos da doença.

“Minha quimioterapia estava marcada o dia 9 (de julho), fiquei internada para fazer. Hoje o hospital me ligou dizendo que a medicação está em falta, então não poderei me internar para fazer. Minha sessão foi interrompida, e falta apenas 3 sessões para terminar o tratamento. Não me deram previsão (de retorno das sessões). Liguei e falei com a direção de lá, me disseram para fazer reclamação na ouvidoria”, disse.

A reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com o hospital e a SES (Secretaria Estadual de Saúde), mas não obteve retorno até a publicação deste material.

Jornal Midiamax