Cotidiano

Idoso morre na Santa Casa e família doa órgãos para salvar pessoas em MT e MG

A Santa Casa de Campo Grande realizou, na manhã desta quarta-feira (28), a captação de órgãos de um paciente de 63 anos, vítima de uma encéfalopatia hipóxica, que é quando falta oxigenação no cérebro, seguida de uma parada cardiorrespiratória. Os órgãos irão para pacientes de Mato Grosso e de Minas Gerais. Conforme as informações da […]

Dayene Paz Publicado em 28/10/2020, às 11h51 - Atualizado às 12h07

Jovem está internado na Santa Casa de Campo Grande.(Foto: Arquivo/Midiamax)
Jovem está internado na Santa Casa de Campo Grande.(Foto: Arquivo/Midiamax) - Jovem está internado na Santa Casa de Campo Grande.(Foto: Arquivo/Midiamax)

A Santa Casa de Campo Grande realizou, na manhã desta quarta-feira (28), a captação de órgãos de um paciente de 63 anos, vítima de uma encéfalopatia hipóxica, que é quando falta oxigenação no cérebro, seguida de uma parada cardiorrespiratória. Os órgãos irão para pacientes de Mato Grosso e de Minas Gerais.

Conforme as informações da comunicação do hospital, a família autorizou a doação com base no histórico de vida do paciente, que sempre foi uma pessoa que ajudava as outras, informou a Santa Casa.

Os rins foram encaminhados, em um voo comercial, para MT e MG devido a não compatibilidade de receptores em Mato Grosso do Sul. Já as córneas ficaram no Banco de Olhos “Anjos da Visão” da Santa Casa para serem analisadas e, posteriormente, usadas em tratamento ocular.

Jornal Midiamax