Cotidiano

Saiba quais sintomas são necessários para fazer o teste grátis de coronavírus em Campo Grande

Mesmo após vários meses de pandemia de coronavírus, as dúvidas e questionamentos sobre a doença ainda pairam, principalmente, sobre os critérios de quem pode ou não realizar o teste gratuito nas unidades de saúde de Campo Grande. Confira quais e quantos sintomas são necessários para realizar a testagem. Conforme a nota técnica da Vigilância de […]

Karina Campos Publicado em 07/12/2020, às 14h19 - Atualizado em 08/12/2020, às 09h15

 (Foto: Leonardo de França/Midiamax/Arquivo)
(Foto: Leonardo de França/Midiamax/Arquivo) - (Foto: Leonardo de França/Midiamax/Arquivo)

Mesmo após vários meses de pandemia de coronavírus, as dúvidas e questionamentos sobre a doença ainda pairam, principalmente, sobre os critérios de quem pode ou não realizar o teste gratuito nas unidades de saúde de Campo Grande. Confira quais e quantos sintomas são necessários para realizar a testagem.

Conforme a nota técnica da Vigilância de Saúde, revisada pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), os pacientes que apresentarem dois tipos de sintomas gripais como febre (mesmo que referida), calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos, podem solicitar o exame nos postos.

Para os critérios clínicos epidemiológico, pessoas que tiveram contato próximo ou domiciliar com pessoas de casos confirmados e apresentarem alguns dos sintomas de síndrome gripal ou síndrome respiratória grave, também entram na lista de indicados a testagem.

Vale ressaltar, que a doença também apresenta de forma assintomática, mas isso não afasta a possibilidade de infecção e descarte das regras de biossegurança, como o uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento de 1,5 metro.

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), há dois tipos de exames ofertados na rede de saúde do município: O teste rápido, indicado para pessoas que estão com mais de oito dias de sintomas e o RT-PCR, que é indicado para pacientes que estejam entre o terceiro e o oitavo dia de sintomas.

Ambos exames só são realizados se houver indicação do profissional de saúde. “O tempo para realização dos exames deve ser considerado para que haja maior eficácia dos mesmos, uma vez que, caso o paciente não esteja dentro do período indicado, pode haver falha em relação ao resultado”, informou em nota.

Como agendar?

O morador que deseja fazer o teste pelo Drive-Thru Coronavírus, deve entrar em contato pelo Disk Covid 0800 647 09 11, relatar os sintomas à equipe de saúde que preenche um formulário interno; caso a pessoa apresente algum tipo de sintomas gripais, como febre, coriza, dor na garganta, entre outros, é agendada uma consulta no Batalhão Central do Corpo de Bombeiros, entre a Rua 14 de julho com a 07 de setembro, Centro da cidade.

A consulta é agendada e confirmada por SMS com o horário, data e endereço. O teste rápido leva cerca de 20 minutos e até 48 horas para ter o resultado enviado por mensagem de celular ou e-mail.

Para pessoas com, pelo menos, sete dias de sintomas, as 71 unidades básicas de saúde e saúde da família também oferecem testes rápidos. O paciente passa por uma triagem, e pode ser direcionado a coleta, caso o profissional de saúde ache necessário.

Jornal Midiamax