Cotidiano

Reordenamento de rotatórias da Joaquim Murtinho segue na reta final e inauguração será na próxima semana

Com dois conjuntos semafóricos já em testes, o reordenamento viário nas rotatórias das ruas Joaquim Murtinho com a Ceará e com a Avenida Eduardo Elias Zahran se aproxima do fim. Nas próximas duas semanas, técnicos da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) vão ajustar os tempos dos equipamentos para garantir o sincronismo de sinais […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 15/05/2020, às 11h37 - Atualizado às 12h21

Prefeitura de Campo Grande | Divulgação
Prefeitura de Campo Grande | Divulgação - Prefeitura de Campo Grande | Divulgação

Com dois conjuntos semafóricos já em testes, o reordenamento viário nas rotatórias das ruas Joaquim Murtinho com a Ceará e com a Avenida Eduardo Elias Zahran se aproxima do fim. Nas próximas duas semanas, técnicos da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) vão ajustar os tempos dos equipamentos para garantir o sincronismo de sinais conforme o fluxo de veículos de cada horário.

A Prefeitura estima que, diariamente, 68 mil veículos passem pelo trecho. O projeto de reordenamento do trânsito deve ser inaugurado na próxima quarta-feira (20). Para tanto, faltam apenas implantação de algumas placas de sinalização e alguns retoques na urbanização dos canteiros.

O reordenamento permitirá, por exemplo, que motoristas que seguem da Zahran com destino à Ceará terão mais facilidade para alcançar a via, em ver de esperar uma brecha no fluxo de veículos que vinha da Joaquim Murtinho e seguia rumo à saída para Três Lagoas. Com os semáforos, o acesso fica facilitado e o fluxo terá menos congestionamento.

Nesta rotatória, a alça de acesso foi ampliada, o canteiro central avançou quatro metros para instalação do conjunto semafórico com 15 porta-focos que regularão os fluxos, mantendo todas as conversões.

Já na confluência da Ceará/Joaquim Murtinho, a rotatória foi removida, substituída por alças de acesso. Foi instalado um conjunto semafórico com 23 porta-focos para garantir todas as conversões. Uma das alças, cortando ao meio a antiga rotatória, facilita o acesso ao centro da cidade (pela Joaquim Murtinho) para quem vem da Zahran ou da saída para Três Lagoas.

Sinalização modernizada

Paralelamente ao reordenamento do trânsito, na rotatória com a Rua Joaquim Murtinho, a Agetran modernizou toda a sinalização semafórica da Avenida Eduardo Elias Zahran até a confluência com as avenidas Calógeras e Costa e Silva. Foram instalados dois novos semáforos (cruzamento com as Ruas Cayova e Luiz Dódero), proibida a conversão a esquerda nos cruzamentos com a Antônio Correa e Senador Ponce (exigindo que os condutores façam o laço de quadra para ter o acesso a estas vias).

Todos os semáforos receberam câmeras para contagem do fluxo de veículos e novos controladores. Quando a fibra óptica tiver sido instalada até a sede da Agetran na Avenida Gury Marques, será instalada uma central de monitoramento que poderá ajustar o tempo dos semáforos em tempo real desde a rotatória da Ceará com a Joaquim Murtinho, viabilizando a onda verde.

Paralelamente, já está sendo implantado o projeto de modernização dos semáforos da Avenida Elias Zahran, onde está prevista a implantação de fibra óptica, que vai possibilitar o sincronismo dos equipamentos, com a instalação de novos controladores. Isso permitirá (quando houver uma central de monitoramento na Agetran) o ajuste praticamente online do tempo dos sinais, conforme o maior ou menor fluxo de veículos.

O semáforo em três tempos da Zahran com a Avenida Três Barras já está ajustado para funcionar em tempo real. Assim, quando não houver veículos se aproximando em dois dos três sentidos, o sensor vai detectar a aproximação e um veículo e vai liberar o “verde“ em até 7 segundos para quem vem no terceiro sentido. No caso de quem vem pela Três Barras, se não houver veículos subindo, descendo ou fazendo conversão a esquerda na Zahran, não encontrará o sinal vermelho para entrar na Zahran ou seguir em frente pela Rua Professor Dona Virgilina.

Intervenção

Desde 2017, esta é a terceira intervenção em rotatórias promovida pela Prefeitura. Eram locais que registravam congestionamentos até a implantação do projeto de semaforização desenvolvido pela Agetran. Nesta região onde está em execução o projeto de reordenamento viário, o volume de tráfego, de 68 mil veículos, é maior que o registrado nas rotatórias das avenidas Mato Grosso/ Nelly Martins (38 mil veículos/dia) e da Interlagos com a Gury Marques (44 mil veículos/dia), que já receberam a semaforização.

As próximas intervenções serão nas rotatórias das avenidas Tamandaré/Euler de Azevedo (principal acesso à UCDB) e das avenidas Três Barras com José Nogueira Vieira.

(Com informações da assessoria)

Jornal Midiamax