Cotidiano

Rapaz ferido a tiros por PM após atirar em feira é preso em flagrante no hospital

Ainda na tarde de domingo (5), foi preso em flagrante o rapaz de 20 anos que foi ferido a tiros durante intervenção policial na Vila Cidade Morena. O delegado que atendeu ao caso optou por fazer o flagrante e também solicitou escolta policial para o suspeito, que segue internado na Santa Casa de Campo Grande. […]

Renata Portela Publicado em 06/01/2020, às 08h58 - Atualizado às 11h48

Bombeiros e Choque foram ao local (Foto: Via WhatsApp)
Bombeiros e Choque foram ao local (Foto: Via WhatsApp) - Bombeiros e Choque foram ao local (Foto: Via WhatsApp)

Ainda na tarde de domingo (5), foi preso em flagrante o rapaz de 20 anos que foi ferido a tiros durante intervenção policial na Vila Cidade Morena. O delegado que atendeu ao caso optou por fazer o flagrante e também solicitou escolta policial para o suspeito, que segue internado na Santa Casa de Campo Grande.

Conforme as informações do hospital, o rapaz segue sedado e entubado, no CTI (Centro de Terapia Intensiva). Ele está em estado grave e passou por cirurgia de ortopedia e cirurgia torácica na noite de domingo. A princípio, segundo a polícia, ele foi ferido por tiros no tórax, também na lateral do tórax e no joelho esquerdo.

O delegado Jarley Inácio de Souza, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol decidiu pelo flagrante do rapaz. A princípio o delegado aguardava para saber o estado de saúde do suspeito, que pelas condições ainda não pode ser ouvido, mas já foi autuado por homicídio qualificado por motivo fútil na forma tentada.

Ainda conforme a autoridade, ficou clara a intenção do rapaz em matar, uma vez que ele saiu da feira e voltou armado, atirando em direção ao comerciante. Ele ainda responderá por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, pelo revólver que ele usou no crime. O caso também será tratado como lesão corporal decorrente da intervenção policial.

Briga por causa de pastel

O comerciante, dono da barraca de pastel onde o fato ocorreu, contou ao Jornal Midiamax que a feira já estava quase no fim quando o rapaz chegou, bastante alterado, pedindo um pastel de graça. O feirante pediu para ele se retirar, já que ainda havia clientes no local que teriam se incomodado com a presença do suspeito.

Rapaz ferido a tiros por PM após atirar em feira é preso em flagrante no hospital
Suspeito atirou nas cadeiras da feira (Foto: Reprodução)

O rapaz então se retirou xingando e ameaçando o comerciante e chegou a jogar pedras. Ele retornou minutos depois com o revólver e efetuou os disparos, que atingiram apenas as cadeiras da feira já que as vítimas se abaixaram. Logo em seguida testemunhas ligaram para o policial militar do Batalhão de Choque, que seria um amigo pessoal.

Ele solicitou apoio de equipes e fez buscas pelo rapaz, que estava escondido nas mediações da Rua Inconfidentes, em um matagal. O militar se apresentou como policial e exigiu que o rapaz soltasse a arma, mas ele apontou o revólver para o policial que atirou três vezes, o atingindo. Equipes do Choque, 10º Batalhão, Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) Perícia e Polícia Civil estiveram no local.

Jornal Midiamax