Quase dois meses de estiagem: confira dicas para reduzir complicações do tempo seco

Mato Grosso do Sul já enfrenta o segundo mês sem chuva, e o clima seco da estiagem favorece a baixa imunidade. Em consequência, o período pode desencadear doenças respiratórias como rinite, bronquite, resfriados, pneumonia e até mesmo faringite. Confira dicas para amenizar com os riscos. O médico infectologista Alexandre Cunha, recomenda que o ideal é […]
| 14/08/2020
- 12:00
Quase dois meses de estiagem: confira dicas para reduzir complicações do tempo seco
Névoa seca cobre campo Grande. (Foto: Leonardo França) - Névoa seca cobre campo Grande. (Foto: Leonardo França)

já enfrenta o segundo mês sem chuva, e o clima seco da estiagem favorece a baixa imunidade. Em consequência, o período pode desencadear doenças respiratórias como rinite, bronquite, resfriados, pneumonia e até mesmo faringite. Confira dicas para amenizar com os riscos.

O médico infectologista Alexandre Cunha, recomenda que o ideal é ingerir líquidos em abundância para amenizar a baixa umidade relativa do ar. Não apenas água, mas sucos e frutas.

“Nesta época do ano em que a umidade do ar pode ficar abaixo dos 20%, beber água, chás e sucos naturais são excelentes alternativas para manter a hidratação do corpo. Fazer uso de colírios para os olhos e cremes hidratantes para a pele podem ser alternativas para algumas pessoas”, explica.

Outro fator importante é se atentar aos sintomas, pois durante a pandemia de , algumas pessoas podem confundir as infecções. Porém, ressalta que a maior parte dos vírus afeta grupo de riscos como lactantes, crianças em fase de amamentação, idosos e imunodeprimidos.

“Para evitar que sintomas das infecções respiratórias sejam confundidos com o novo coronavírus e que as medicações corretas sejam prescritas, é importante realizar um diagnóstico assertivo.”

Mantenha os ambientes limpos

Outra dica é manter os cômodos da casa longe de poeira, arejada e limpa. Deixe panos molhados para melhorar a umidade da casa, ou até mesmo baldes com água, inclusive quando for dormir.

Cuide dos olhos

Manter a lubrificação dos olhos também é importante, segundo o especialista. O tempo seco propicia irritação. Utilize soro fisiológico ou colírios.

Não se exponha em excesso ao sol

O clima seco tira umidade do nosso corpo e, consequentemente, ficamos desidratados. Mantenha os cuidados com a pele evitando se expor no sol e uso protetor solar com filtro FPS elevado e hidratante. Protetor labial também é recomendável.

Veja também

Moradores presenciaram acidentem e relatam perigo em estrada vicinal

Últimas notícias