Cotidiano

Prosseguir: Confira as quatro cidades com risco extremo de transmissão do coronavírus

Um novo mapa do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) foi divulgado nesta quarta-feira (30) com a atualização do grau de risco para o coronavírus nos municípios do Mato Grosso do Sul. Há quatro cidades classificadas com grau extremo de risco no Estado, ou seja, onde somente serviços essenciais deveriam funcionar. Campo Grande […]

Mylena Rocha Publicado em 30/12/2020, às 12h29 - Atualizado em 31/12/2020, às 12h12

Foto: Leonardo de França/Arquivo Midiamax
Foto: Leonardo de França/Arquivo Midiamax - Foto: Leonardo de França/Arquivo Midiamax

Um novo mapa do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) foi divulgado nesta quarta-feira (30) com a atualização do grau de risco para o coronavírus nos municípios do Mato Grosso do Sul. Há quatro cidades classificadas com grau extremo de risco no Estado, ou seja, onde somente serviços essenciais deveriam funcionar. Campo Grande saiu da bandeira cinza e foi classificada com grau de risco alto.

O mapa foi atualizado com base nos dados da pandemia na 52ª semana epidemiológica, entre os dias 20 a 26 de dezembro. A secretária adjunta de Saúde, Christinne Maymone, explica que a situação tem exigido um grande esforço para conter o avanço da pandemia, já que a taxa de contágio no Estado está muito alta e o sistema de saúde está operando no limite da sua capacidade.

“Gestores municipais devem manter as restrições de acordo com sua classificação de risco, que são embasadas em critérios técnicos. É necessário que a população também faça sua parte, evite aglomerações e observe os protocolos de biossegurança”, ressaltou.

Em MS, as cidades de Coronel Sapucaia, Coxim, Dourados e Nioaque estão com a bandeira cinza do Prosseguir, ou seja, com classificação de grau extremo de risco. A maioria das cidades do Estado foram classificadas com a bandeira vermelha, como é o caso de Campo Grande. A Capital teve melhora em comparação com o mapa de risco da semana anterior, quando estava com a bandeira cinza.

Na bandeira vermelha, podem funcionar somente serviços essenciais e não-essenciais de baixo risco. Confira aqui quais são os serviços essenciais e não-essenciais.

Em um comparativo com a última divulgação do Prosseguir, divulgada na 50ª semana, 51 municípios permaneceram na mesma classificação de risco, apenas 11 cidades progrediram e 17 regrediram no grau de risco. Confira a classificação de todas as cidades.

Jornal Midiamax