Cotidiano

Projeto prevê até 60 dias de licença-paternidade para servidores municipais

Projeto de lei apresentado na Câmara Municipal de Campo Grande prevê 30 dias de licença paternidade para servidores municipais. Hoje, são cinco dias que o funcionário público municipal tem quando o filho nasce. No caso da proposta, apresentada pelo vereador Wilson Sammy (MDB), os 30 dias deverão ser remunerados e a licença ainda pode ser […]

Mayara Bueno Publicado em 08/02/2020, às 08h50

Vereadores durante a última sessão de 2019, que ocorreu na quinta-feira (19). (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).
Vereadores durante a última sessão de 2019, que ocorreu na quinta-feira (19). (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax). - Vereadores durante a última sessão de 2019, que ocorreu na quinta-feira (19). (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).

Projeto de lei apresentado na Câmara Municipal de Campo Grande prevê 30 dias de licença paternidade para servidores municipais. Hoje, são cinco dias que o funcionário público municipal tem quando o filho nasce.

No caso da proposta, apresentada pelo vereador Wilson Sammy (MDB), os 30 dias deverão ser remunerados e a licença ainda pode ser prorrogado por igual período, “desde que requerida ao final do mês de afastamento”. O projeto de lei deu entrada no sistema da Casa de Leis em 4 de fevereiro.

Na justificativa, o parlamentar afirma que o objetivo é atender a necessidade de “auxílio para as atividades relacionadas à higiene pessoal e posteriormente às atividades do lar”.

Jornal Midiamax