A abriu nesta quarta-feira (8) consulta a lote residual de restituição do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) de janeiro. Em são R$ 6,9 milhões que contemplam 2.216 contribuintes.

De acordo com o órgão, o dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. A lista com os nomes está disponível no site da Receita.

Ao todo no país serão R$ 725 milhões para declarações de 2008 a 2019 que contemplam 185.891 contribuintes que estavam na malha fina, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

Vale lembrar que a consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146 ou pelo aplicativo disponível para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

Quem não receber a restituição deve ir a qualquer agência do ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento

De acordo com a Agência Brasil, as restituições terão correção de 4,77%, para o lote de 2019, a 113,05%, para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.