Cotidiano

Presidente do Comercial, Valter Manginni morre vítima do coronavírus em MS

Valter Manginni, de 62 anos, presidente do Esporte Clube Comercial, morreu na manhã desta segunda-feira (28), por complicações do covid-19. Ele foi diagnosticado com a doença na semana passada e estava internado em um hospital particular de Campo Grande. De acordo com as informações, devido a problemas renais, ele estava fazendo hemodiálise. Valter estava sendo […]

Dayene Paz Publicado em 28/09/2020, às 10h25 - Atualizado às 15h55

Valter teve complicações da doença e morreu nesta segunda-feira. Imagem: Divulgação
Valter teve complicações da doença e morreu nesta segunda-feira. Imagem: Divulgação - Valter teve complicações da doença e morreu nesta segunda-feira. Imagem: Divulgação

Valter Manginni, de 62 anos, presidente do Esporte Clube Comercial, morreu na manhã desta segunda-feira (28), por complicações do covid-19. Ele foi diagnosticado com a doença na semana passada e estava internado em um hospital particular de Campo Grande.

De acordo com as informações, devido a problemas renais, ele estava fazendo hemodiálise. Valter estava sendo medicado e passava bem, mas teve complicações no final de semana, chegou a ser entubado e não resistiu.

Valter estava na gestão do Esporte Clube Comercial desde 2007 e como presidente do clube desde 2017. Neste período, o clube passou da 1ª fase todos os anos e nesta temporada, fará o clássico com o Operário nas quartas de final.

A Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul publicou uma nota de pesar. “O Presidente da FFMS Francisco Cezário de Oliveira em nome de toda a família do futebol do Mato Grosso do Sul, lamenta a perda do Presidente”.

O Operário Futebol Clube também manifestou sentimentos e lamentou a morte de Manginni. “O Operário Futebol Clube lamenta profundamente o falecimento de Valter Mangini, presidente do @comercialmsreal devido a complicações da COVID-19. Mangini foi um presidente que entendeu que rivalidade é diferente de inimizade, e entendia que Operário e Comercial precisam crescer juntos, mesmo que sendo rivais e adversários”.

Jornal Midiamax