Cotidiano

Prefeitura de Campo Grande prorroga proibição do corte de água por mais 60 dias

A Prefeitura de Campo Grande prorrogou a proibição do corte do serviço de água por 60 dias, em virtude da pandemia de coronavírus. A medida é adotada desde março, quando as primeiras restrições para conter o avanço da doença foram adotadas na Capital. Segundo o Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta sexta-feira (17), as […]

Mayara Bueno Publicado em 17/07/2020, às 08h14 - Atualizado às 08h36

Proibição do corte de águas foi adotada em março por causa da pandemia. (Foto: Divulgação, Águas Guariroba)
Proibição do corte de águas foi adotada em março por causa da pandemia. (Foto: Divulgação, Águas Guariroba) - Proibição do corte de águas foi adotada em março por causa da pandemia. (Foto: Divulgação, Águas Guariroba)

A Prefeitura de Campo Grande prorrogou a proibição do corte do serviço de água por 60 dias, em virtude da pandemia de coronavírus. A medida é adotada desde março, quando as primeiras restrições para conter o avanço da doença foram adotadas na Capital.

Segundo o Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta sexta-feira (17), as contas vencidas durante a vigência do decreto poderão ser parceladas em até 36 vezes, sem cobrança de juros e correção monetária. Assim com tem sido prorrogada até então, a suspensão da cobrança pode ser estendida mais uma vez, se a pandemia permanecer no município.

Adotada em 18 de março, a medida tem objetivo de auxiliar famílias de Campo Grande, que tiveram suas rendas prejudicadas diante das proibições de circulação, entre outras implicações financeiras que a pandemia trouxe.

O fornecimento de água foi o único alcançado pelo município por estar sob sua jurisdição – as contas de energia elétrica e telefonia são reguladas, respectivamente, pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Jornal Midiamax