Cotidiano

Prefeitura de Bonito registra 516 casos confirmados de dengue e alerta população

A secretaria de Saúde de Bonito registrou 662 notificações de dengue entre janeiro e maio deste ano. Destes, 516 casos deram positivos no município. A prefeitura alertou a população pelo acréscimo de casos durante a pandemia de coronavírus (Covid-19) e orienta a limpeza dos terrenos durante o isolamento social. Conforme a prefeitura municipal, agentes da […]

Karina Campos Publicado em 24/05/2020, às 09h13 - Atualizado em 14/07/2020, às 11h41

Fiscalização encontrou terrenos baldios com matagal alto e lixo. (Foto: Divulgação PMB)
Fiscalização encontrou terrenos baldios com matagal alto e lixo. (Foto: Divulgação PMB) - Fiscalização encontrou terrenos baldios com matagal alto e lixo. (Foto: Divulgação PMB)

A secretaria de Saúde de Bonito registrou 662 notificações de dengue entre janeiro e maio deste ano. Destes, 516 casos deram positivos no município. A prefeitura alertou a população pelo acréscimo de casos durante a pandemia de coronavírus (Covid-19) e orienta a limpeza dos terrenos durante o isolamento social.

Conforme a prefeitura municipal, agentes da Vigilância Sanitária realizaram fiscalização em terrenos da cidade. Foram encontrados lixos e matagal alto. Segundo a Lei 4.812, de 7 de janeiro de 2016, o proprietário que não realizar a limpeza de suas propriedades, pode ser multado em aproximadamente R$ 5,8 mil.

“Lembrando que não é só a dengue, mas também Zika e Chikungunya. Tem muito terreno sujo na cidade e os proprietários precisam lembrar que a obrigação de mantê-los limpos é de cada um. Terreno sujo atrai lixo, vira foco do mosquito da dengue e abrigo para animais peçonhentos, ou seja, é um risco a saúde pública”, afirma José Estevam, responsável pela fiscalização.

Mato Grosso do Sul registra alta incidência da doença. No último boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), 38 pessoas já morreram por dengue e 58 mil casos notificados.

Jornal Midiamax