Cotidiano

Prefeitura cria força-tarefa para reestabelecer normalidade em Dourados pós temporal

Depois de duas tempestades, Dourados terá uma força-tarefa para resolver os problemas causados na cidade, principalmente com a queda de 85 árvores em menos de 15 dias. Levantamento também mostram que outras correm o risco de cair. A medida foi anunciada pela prefeita Délia Razuk (sem partido) em reunião  com a participação de todo o […]

Marcos Morandi Publicado em 10/11/2020, às 11h49

Árvore atingiu fachada de loja e do Hospital do Coração, em Dourados. (Foto: Marcos Morandi)
Árvore atingiu fachada de loja e do Hospital do Coração, em Dourados. (Foto: Marcos Morandi) - Árvore atingiu fachada de loja e do Hospital do Coração, em Dourados. (Foto: Marcos Morandi)

Depois de duas tempestades, Dourados terá uma força-tarefa para resolver os problemas causados na cidade, principalmente com a queda de 85 árvores em menos de 15 dias. Levantamento também mostram que outras correm o risco de cair. A medida foi anunciada pela prefeita Délia Razuk (sem partido) em reunião  com a participação de todo o secretariado para discutir ações emergenciais nos próximos dias.

visando a reestabelecer a normalidade No início da manhã desta terça-feira a prefeita Délia Razuk coordenou uma reunião de emergência com a participação de todo o secretariado para discutir ações emergenciais visando a reestabelecer a normalidade por causa dos temporais que derrubaram centenas de árvores na cidade.

A força-tarefa está sendo coordenada pelo secretário de Governo, Celso Antônio Schuch que já está mantendo contatos com o Exército Brasileiro, Polícia Militar e o Governo do Estado para ajudar as equipes da Prefeitura a normalizarem o trânsito e o caos produzido pelo temporal.

A prefeita Délia Razuk afirmou que é muito importante a ajuda de todas as esferas governamentais para que a cidade seja limpa. “Sabemos que um temporal não ocorre todo dia e quando somos surpreendidos pela força da natureza precisamos de ajuda para fazer o trabalho necessário”, disse Délia.

Ela lembrou do primeiro temporal ocorrido no dia 26 de outubro e da decisão que tomou ao decretar “estado de emergência”, cujo decreto ainda continua em vigor. A prefeita pediu a compreensão da população e disse que a força-tarefa vai conseguir resolver todos os problemas causados pela queda de árvores em tempo recorde.

Délia também adiantou que ainda esta semana a Prefeitura vai anunciar publicamente o início das ações do Plano de Arborização de Dourados, um instrumento que vai mitigar os problemas vividos atualmente pela população por causa da idade das árvores e a necessidade de fazer o plantio de espécies específicas para a zona urbana.

Jornal Midiamax