Cotidiano

PMA autua fazendeiro em R$ 13 mil por desmatamento ilegal em Aparecida do Taboado

Na manhã desta terça-feira (3), a PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aparecida do Taboado autuou um fazendeiro em R$ 13.000,00, por desmatamento ilegal, em área de reserva ambiental no município. O proprietário da fazenda realizou a retirada ilegal de 5,25 hectares de vegetação nativa de cerrado, sendo 2,21 na área protegida de reserva legal,  e 3,04 […]

Ranziel Oliveira Publicado em 03/11/2020, às 12h40

(Foto: Divulgação / PMA)
(Foto: Divulgação / PMA) - (Foto: Divulgação / PMA)

Na manhã desta terça-feira (3), a PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aparecida do Taboado autuou um fazendeiro em R$ 13.000,00, por desmatamento ilegal, em área de reserva ambiental no município.

O proprietário da fazenda realizou a retirada ilegal de 5,25 hectares de vegetação nativa de cerrado, sendo 2,21 na área protegida de reserva legal,  e 3,04 hectares em área que pode ser desmatada, desde que com licenciamento ambiental, que não existia.

A área foi desmatada para plantação de pastagem, para criação de gado bovino. A madeira proveniente da vegetação desmatada encontrava-se em leiras no local e ainda não havia sido explorada. As atividades foram interditadas.

O infrator de 29 anos, morador de Selvíria, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 13.000,00. Ele também responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção, agravada por ter atingido área protegida. O infrator também foi notificado a apresentar um PRADA (Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada), junto ao órgão ambiental estadual.

Jornal Midiamax