Cotidiano

Pelos bairros, comerciantes fazem Black Friday com até 50% de desconto em Campo Grande

Não é só no centro que as promoções têm levado os consumidores às compras durante a Black Friday em Campo Grande. Nos bairros, as lojas aproveitam a data para fazer promoções e atrair a clientela. Com descontos de até 50%, os consumidores aproveitam a comodidade de fazer compras sem precisar pegar um ônibus até o […]

Mylena Rocha Publicado em 27/11/2020, às 12h17 - Atualizado às 15h36

Consumidores conseguem descontos de até 30% em eletrônicos. (Foto: Henrique Arakaki)
Consumidores conseguem descontos de até 30% em eletrônicos. (Foto: Henrique Arakaki) - Consumidores conseguem descontos de até 30% em eletrônicos. (Foto: Henrique Arakaki)

Não é só no centro que as promoções têm levado os consumidores às compras durante a Black Friday em Campo Grande. Nos bairros, as lojas aproveitam a data para fazer promoções e atrair a clientela. Com descontos de até 50%, os consumidores aproveitam a comodidade de fazer compras sem precisar pegar um ônibus até o centro da cidade. 

Pelos bairros, comerciantes fazem Black Friday com até 50% de desconto em Campo Grande
Vanessa aproveitou para comprar uma TV. (Foto: Henrique Arakaki)

No bairro Moreninhas, não são todas as lojas que aderiram à data, mas é possível encontrar promoções em diversas lojas. Andando pelas ruas do bairro, é fácil encontrar cartazes anunciando descontos atrativos. 

Vanessa Lima, de 26 anos, e Ildo Barbosa, de 28, trabalham em fazenda próxima ao bairro. Eles contam que conseguiram comprar uma televisão com R$ 200 de desconto na Black Friday da Moreninhas. “Caso achasse mais barato, até iria comprar antes. Mas como só achei a promoção agora, aproveitei para comprar hoje na Black Friday”, conta Vanessa.

Para Vanessa, para compensar a espera da data, os produtos devem ter de 40 a 50% de desconto à vista. “Descontos menores a gente encontra em outras datas”, diz. 

Pelos bairros, comerciantes fazem Black Friday com até 50% de desconto em Campo Grande
Gerente está otimista com vendas da Black Friday. (Foto: Henrique Arakaki)

Para os clientes, uma vantagem de comprar no bairro é evitar transtornos com o deslocamento até o centro, como utilizar ônibus ou pegar um veículo por aplicativo. “Comprei em uma rede, então os preços são mesmos que do centro. Melhor comprar no bairro, movimenta a economia”, diz Vanessa.

O gerente de uma loja de móveis nas Moreninhas afirma que o estabelecimento ká estava se preparando para a Black Friday, negociando com os fornecedores e com a própria empresa que fabrica imóveis, para baixar o preço. “Temos descontos de até 30% em eletrônicos e de 50% em camas”, diz.

Nesta manhã, a loja teve até uma pequena fila de clientes na hora de abrir as portas. Segundo o gerente, somente nas primeiras horas da manhã foi possível vender 10% do esperado. 

“A maioria dos clientes já chegam prontos para comprar e com uma idéia pronta do produto que deseja. O que mais procuram no geral são eletrônicos como TVs e celulares, além de produtos de cozinha, como fogões e geladeiras”, explica.

Jornal Midiamax