Pelo menos 34 pessoas com suspeita de coronavírus passaram pelas barreiras sanitárias de MS

Até a última terça-feira (14), pelo menos 34 pessoas com suspeita de coronavírus entraram em Mato Grosso do Sul. As pessoas foram abordadas nas barreiras sanitárias, instaladas em municípios que fazem fronteira com outros estados. Os diagnosticados como suspeitos de infecção por coronavírus são recomendados a praticar o isolamento social por 14 dias ou procurar […]
| 15/04/2020
- 18:31
Pelo menos 34 pessoas com suspeita de coronavírus passaram pelas barreiras sanitárias de MS
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

Até a última terça-feira (14), pelo menos 34 pessoas com suspeita de coronavírus entraram em Mato Grosso do Sul. As pessoas foram abordadas nas barreiras sanitárias, instaladas em municípios que fazem fronteira com outros estados.

Os diagnosticados como suspeitos de infecção por coronavírus são recomendados a praticar o por 14 dias ou procurar atendimento médico. Nas barreiras sanitárias de MS, foram realizadas 137.935 abordagens até a última terça-feira (14). 

Os veículos mais abordados foram os carros de passeio, 45.734 até a última terça-feira (14). Além destes veículos, também passaram pela 16,4 mil caminhões, 2,6 mil motocicletas, 705 ônibus, 429 vans e pelo menos 43 aeronaves.

Pelo menos 34 pessoas com suspeita de coronavírus passaram pelas barreiras sanitárias de MS
Foto: Reprodução/ Governo do Estado de MS.

Cerca de 90 ciclistas e 11 veículos de tração animal também foram abordados nas barreiras. De acordo com os registros das barreiras sanitárias, o maior fluxo de entrada de pessoas acontece nas fronteiras com São Paulo.

Apenas em Três Lagoas 29,9 mil pessoas foram abordadas e dessas, três foram classificadas como suspeita de coronavírus. A segunda cidade com maior número de abordados é Bataguassu, com 28,4 mil pessoas e nenhuma suspeita registrada. Chapadão do Sul teve 12,2 mil pessoas que passaram pela barreira, delas 14 apresentaram suspeitas de coronavírus.

Veja também

Crânio e ossos humanos estavam ao lado de uma Escola Municipal

Últimas notícias