Cotidiano

PDT divulga nota de pesar pela morte da jornalista Leyde Pedroso

O Partido Democrata Trabalhista (PDT) do Mato Grosso do Sul divulgou uma nota de pesar, neste sábado (29), pela morte da jornalista Leyde Pedroso, vítima do coronavírus. Ela estava internada na UTI da Santa Casa de Campo Grande e era filiada à sigila. “É com pesar que o PDT de Mato Grosso do Sul comunica […]

Matheus Maderal Publicado em 29/08/2020, às 18h50

(Imagem: Reprodução, Facebook)
(Imagem: Reprodução, Facebook) - (Imagem: Reprodução, Facebook)

O Partido Democrata Trabalhista (PDT) do Mato Grosso do Sul divulgou uma nota de pesar, neste sábado (29), pela morte da jornalista Leyde Pedroso, vítima do coronavírus. Ela estava internada na UTI da Santa Casa de Campo Grande e era filiada à sigila.

“É com pesar que o PDT de Mato Grosso do Sul comunica que nossa companheira de luta e história, Leyde Pedroso, acaba de nos deixar. Ela lutou o bom combate, fez de sua vida uma militância aguerrida pelos direitos das mulheres e da classe trabalhadora, mas infelizmente a Covid-19 e as complicações que vieram com ela levaram nossa amiga da vida terrena, mas não levarão ela jamais da nossa história e pelo seu legado continuaremos na luta”, diz a nota.

Leyde foi diagnosticada no dia 14 como caso positivo de coronavírus. Familiares haviam iniciado campanha em busca de doações de sangue para o tratamento . Há dois dias, ela teve melhora e foi transferida para a enfermaria da Santa Casa, mas seu estado de saúde voltou a se agravar.

Em virtude do contágio por coronavírus e das medidas sanitárias decorrentes da doença, não foram informados detalhes sobre o sepultamento –decretos de biossegurança proíbem velórios em casos de Covid-19 para evitar a disseminação da doença, permitindo o acompanhamento do ato à distância.

Jornal Midiamax