Cotidiano

Ônibus dá problema no terminal e quebra quatro quadras depois em horário de pico

Ônibus da linha Campo Novo, linha 214, quebrou quatro quadras após sair do terminal General Osório, na noite desta segunda-feria (24), em Campo Grande. Passageira entrou em contato com a reportagem e relatou que o ônibus teve problema ainda no terminal, mas a viagem seguiu mesmo assim. “Desde o terminal ele fez barulho, veio um […]

Diego Alves Publicado em 24/08/2020, às 20h19

Ônibus já estacionado na Rua Santo Ângelo
Ônibus já estacionado na Rua Santo Ângelo - Ônibus já estacionado na Rua Santo Ângelo

Ônibus da linha Campo Novo, linha 214, quebrou quatro quadras após sair do terminal General Osório, na noite desta segunda-feria (24), em Campo Grande. Passageira entrou em contato com a reportagem e relatou que o ônibus teve problema ainda no terminal, mas a viagem seguiu mesmo assim.

“Desde o terminal ele fez barulho, veio um homem, olhou e falou para o motorista seguir. Ainda comentamos, vai parar no caminho. Esses dias, esse mesmo ônibus, a catraca não estava funcionando e os passageiros tinham que ficar forçando fazendo muita força pra ela rodar”, diz Marinalva Vieira Monteiro que trabalha como doméstica e voltava do serviço.

No veículo, que parou em um cruzamento na Rua Santo Ângelo, Bairro Coronel Antonino, havia aproximadamente 25 passageiros. Ainda de acordo com a passageira, o trânsito ficou complicado, já que a rua é movimentada, tratava-se de horário de pico e o ônibus parou em um cruzamento. “Sorte que uma outra pessoa ajudou o motorista, e ele conseguiu ligar e estacionar”, diz. Outro ônibus chegou 35 minutos depois para que todos seguisse, viagem.

Além de problemas em veículos, constantemente noticiados, no último dia 12 deste mês, o Consórcio Guaicurus descumpriu prazo e não apresentou compensações de funcionários demitidos durante esta época de pandemia.

As compensações seriam para garantir que 157 funcionários demitidos receberiam algum benefício da empresa, que lucra anualmente R$ 12 milhões.

Jornal Midiamax