Cotidiano

O que mudou? Reforma de R$ 5,5 milhões em três terminais de Campo Grande deve terminar em janeiro

Praticamente um ano desde que as obras iniciaram, a reforma dos primeiros três terminais de ônibus em Campo Grande deve terminar no fim de janeiro, informou a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). As obras, orçadas em mais de R$ 5 milhões, precisaram de um novo cronograma devido à pandemia da Covid-19, o novo […]

Mariane Chianezi Publicado em 10/12/2020, às 15h00 - Atualizado em 11/12/2020, às 09h21

Terminal Júlio de Castilho | Foto: Leonardo de França, Midiamax
Terminal Júlio de Castilho | Foto: Leonardo de França, Midiamax - Terminal Júlio de Castilho | Foto: Leonardo de França, Midiamax

Praticamente um ano desde que as obras iniciaram, a reforma dos primeiros três terminais de ônibus em Campo Grande deve terminar no fim de janeiro, informou a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). As obras, orçadas em mais de R$ 5 milhões, precisaram de um novo cronograma devido à pandemia da Covid-19, o novo coronavírus.

Anunciada em 2019, o município anunciou o começo da obra nos terminas Júlio de Castilho, Bandeirantes e Guaicurus. A reforma nas plataformas tem investimento de R$ 5,5 milhões e prevê além de postos da Guarda Municipal, tomadas para recarga de celular, internet e portões para fechar os terminais à meia noite.

De acordo com o diretor da Agetran, Janine de Lima Bruno, disse que a previsão é que a reforma dos três primeiros terminais sejam encerrada em janeiro. “A reforma está em fase final. Devemos entregar tudo pronto no final do mês de janeiro. Vai ter muita coisa nova que antes não tinha. Como a acessibilidade, grades para fechar os terminais de madrugada, para-raios e combate a incêndio”, explicou à reportagem.

Conforme já prometido pela prefeitura, a intervenção inclui reforma dos banheiros, bebedouros, revisão das instalações elétricas; hidráulicas; plano de segurança contra incêndio e pânico; cobertura; reforço do piso rígido do pátio; pintura geral; troca dos bancos; sala para descanso dos funcionários; guarita dos guardas municipais ou seguranças e grades móveis para o fechamento dos terminais durante a madrugada, quando não há circulação de ônibus.

Reforma em mais 5 terminais

Foi assinado contrato de R$ 2.704.201,20 para reforma dos terminas de ônibus do Aero Rancho, Nova Bahia, Morenão, General Osório, Moreninhas e do ponto de integração Hércules Maymone. O extrato está no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) do dia 18 de novembro.

Segundo o documento, a empresa que tocará as obras é a Trevo Engenharia que terá quase um ano para executar os dois lotes, prazo contato a partir do recebimento de ordem de serviço. Geralmente esta é a próxima etapa, depois da assinatura do contrato.

Jornal Midiamax