Política / Transparência

Contrato de R$ 2,4 milhões para reforma de 5 terminais de ônibus e do ponto de integração é assinado

Foi assinado contrato de R$ 2.704.201,20 para reforma dos terminas de ônibus do Aero Rancho, Nova Bahia, Morenão, General Osório, Moreninhas e do ponto de integração Hércules Maymone. O extrato está no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (18). Segundo o documento, a empresa que tocará as obras é a Trevo Engenharia que […]

Mayara Bueno Publicado em 18/11/2020, às 11h09 - Atualizado às 11h51

Terminal Morenão entrou para PAC Mobilidade e aguarda licitação para ampliação. Foto: Minamar Júnior | Midiamax.
Terminal Morenão entrou para PAC Mobilidade e aguarda licitação para ampliação. Foto: Minamar Júnior | Midiamax. - Terminal Morenão entrou para PAC Mobilidade e aguarda licitação para ampliação. Foto: Minamar Júnior | Midiamax.

Foi assinado contrato de R$ 2.704.201,20 para reforma dos terminas de ônibus do Aero Rancho, Nova Bahia, Morenão, General Osório, Moreninhas e do ponto de integração Hércules Maymone. O extrato está no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (18).

Segundo o documento, a empresa que tocará as obras é a Trevo Engenharia que terá quase um ano para executar os dois lotes, prazo contato a partir do recebimento de ordem de serviço. Geralmente esta é a próxima etapa, depois da assinatura do contrato.

A Prefeitura de Campo Grande abriu licitações desde 2019 para iniciar os terminais de transbordo. No começo do ano, o município anunciou o começo da obra nos terminas Júlio de Castilho, Bandeirantes e Guaicurus. A reforma nas plataformas tem investimento de R$ 5,5 milhões e prevê além de postos da Guarda Municipal, tomadas para recarga de celular, internet e portões para fechar os terminais à meia noite.

Conforme anunciado anteriormente também, a intervenção inclui reforma dos banheiros, bebedouros, revisão das instalações elétricas; hidráulicas; plano de segurança contra incêndio e pânico; cobertura; reforço do piso rígido do pátio; pintura geral; troca dos bancos; sala para descanso dos funcionários; guarita dos guardas municipais ou seguranças e grades móveis para o fechamento dos terminais durante a madrugada, quando não há circulação de ônibus.

Jornal Midiamax