Cotidiano

Notificações deste sábado não geram multas para comércio de Campo Grande

Comércios não essenciais de Campo Grande que infringirem o decreto municipal neste primeiro dia, não receberão multa.

Dândara Genelhú Publicado em 18/07/2020, às 13h55 - Atualizado às 14h35

Loja da Capital aberta para atendimento presencial neste sábado (18), mesmo com as proibições.
Foto: Henrique Arakaki | Midiamax.
Loja da Capital aberta para atendimento presencial neste sábado (18), mesmo com as proibições. Foto: Henrique Arakaki | Midiamax. - Loja da Capital aberta para atendimento presencial neste sábado (18), mesmo com as proibições. Foto: Henrique Arakaki | Midiamax.

Neste sábado (18), começaram a valer as novas restrições para o comércio de Campo Grande. Assim, serviços não essenciais foram proibidos de atender presencialmente. Porém, caso infrinjam o decreto municipal neste primeiro dia, não receberão multa.

“Todos aqueles que foram notificados na manhã deste sábado (18) até agora não receberão multa ou reprimenda”, afirmou Marquinhos Trad (PSD). Em transmissão ao vivo, o prefeito de Campo Grande admitiu que o novo decreto gerou muitas dúvidas na população.

De acordo com ele, “havia divergência de interpretação” nas medidas impostas pela Prefeitura. Assim, Marquinhos garantiu que nenhuma notificação aplicada até o início desta tarde deve gerar multas. “Notificações de hoje não vão gerar nenhum tipo de reprimenda”, reforçou. 

Entretanto, garantiu que a partir de domingo as fiscalizações não serão apenas de orientação. Então, comércios que não se adequarem as medidas de restrições, podem receber multas e interdição por três dias, na primeira notificação.

Jornal Midiamax