Cotidiano

MS tem 3 crianças internadas com coronavírus e 8 sob suspeita; maioria está em Campo Grande

Em Campo Grande, 2 crianças foram internadas com Covid-19 e outras 4 são tratadas como caso suspeito pela Saúde Pública.

Humberto Marques Publicado em 22/07/2020, às 16h11 - Atualizado em 23/07/2020, às 08h03

Foto: Unicef/Reprodução
Foto: Unicef/Reprodução - Foto: Unicef/Reprodução

Mato Grosso do Sul começou a ocupar os leitos pediátricos reservados a pacientes com coronavírus (Covid-19), conforme relatou nesta quarta-feira (22) o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende. Três casos positivos e 8 suspeitos estão em unidades hospitalares para tratamento da doença. A maioria das internações (6 no total) ocorre em Campo Grande.

“Já temos a doença chegando às crianças, com 8 casos internados suspeitos e 3 confirmado sem crianças. Esses 11 casos equivalem a uma média de 9% [de taxa de ocupação dos leitos]”, afirmou o secretário, durante live que apontou recorde no volume de casos confirmados em um intervalo de 24 horas (1.503 no total, elevando a 18.889 o total de infectados no Estado).

Conforme informações da SES prestadas ao Jornal Midiamax, dos 3 pacientes pediátricos internados, 2 estão em Campo Grande e 1 em Antônio João. Já entre os casos suspeitos, há 4 crianças internadas na Capital e 1 nas cidades de Aparecida do Taboado, Aquidauana, Dourados e Ponta Porã. Dados sobre idade e o hospital onde estão internadas não foram detalhados.

Todas as crianças e pré-adolescentes internados no Estado com Covid-19 ou suspeita da doença estão em leitos clínicos. Foram reservadas 119 vagas deste tipo para esta faixa da população, frente aos 710 clínicos para adultos (com 247 ocupados, taxa de 33%) e as vagas em UTI (269 para adulto, com 156 usados e taxa de ocupação em 58% e 9 de pediatria, todos vagos).

Pesquisas realizadas até aqui mostram que pacientes mais jovens, sobretudo crianças, são mais imunes aos efeitos da Covid-19 –muito embora sejam transmissores do vírus para pessoas de mais idade. Em todo o Estado, são 632 pacientes de coronavírus entre 0 e 12 anos de idade, estando 142 delas em Campo Grande, conforme os microdados divulgados pela SES.

No Estado, o total de crianças infectadas pelo coronavírus representa apenas 3,34% dos mais de 18 mil casos confirmados. Na Capital, onde 7.348 pessoas foram infectadas desde o início da pandemia, a proporção é ainda menor: 1,93% dos contaminados eram dessa faixa etária, sobre a qual não há registros de óbitos atribuídos à Covid-19.

Jornal Midiamax