Cotidiano

Mostra Internacional de Cinema exibe filme produzido em projeto da UFMS

Até 14 de novembro, acontece a 16ª Mostra Internacional de Cinema Negro. O evento é promovido pelo Museu da Imagem e do Som (MIS-SP) e pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do estado de São Paulo, pela Coleção Africanidade Celso Prudente e Gargântua Produções e está sendo transmitido pela plataforma do MIS-SP. Uma das […]

Diego Alves Publicado em 10/11/2020, às 21h33

Divulgação
Divulgação - Divulgação

Até 14 de novembro, acontece a 16ª Mostra Internacional de Cinema Negro. O evento é promovido pelo Museu da Imagem e do Som (MIS-SP) e pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do estado de São Paulo, pela Coleção Africanidade Celso Prudente e Gargântua Produções e está sendo transmitido pela plataforma do MIS-SP.

Uma das produções selecionadas foi o filme de animação Mariquinha no mundo da imaginação, realizado no âmbito do projeto de extensão Brincar de fazer cinema com crianças, da Faculdade de Educação (Faed) da UFMS, dirigido e produzido pela professora Constantina Xavier Filha.

“Hoje inicia-se a Mostra e é com muita alegria que teremos a exibição na mostra do nosso filme em três sessões: na quinta, 12, às 16h; no sábado, 14, às 12h e domingo durante todo o dia. O filme foi Foi realizado coletivamente com as crianças do quinto ano do Ensino Fundamental, na escola municipal Maria Regina de Vasconcellos Galvão. ”, conta a professora.

Segundo Constantina, o filme foi inspirado nas poesias do Manoel de Barros e remete à infância e ao direito da criança de vive-la em sua plenitude, com direito de imaginar, brincar e não trabalhar. “Ter o nosso filme exibido na mostra é de uma grande felicidade porque se trata de um festival muito especial para as discussões do cinema negro, das minorias e de defesa dos direitos humanos. É na vertente dos direitos humanos das crianças que o nosso filme é representativo e possibilita espaço para pensar sobre questões tão importantes para a vivência das infâncias, para e com elas. Convido a todas as pessoas para assistirem ao nosso filme e aos demais filmes incríveis da mostra de forma gratuita pela internet”, destaca.

Para acessar toda a programação da Mostra é só entrar no site: https://www.mis-sp.org.br/. “Parabéns ao professor Celso Prudente pela coragem na produção da mostra e desejo vida muito longa ao festival”, finalizou Constantina. (Informações da assessoria)

Jornal Midiamax